SEGUIDORES

Google+ Followers

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

União Estável é casamento? Pode-se batizar,tomar ceia, etc?

UNIÃO ESTÁVEL E BATISMO NAS ÁGUAS

Devido a atualidade do assunto, resolvi publicar novamente este post (Publicado originalmente em 15/06/2007), abrindo desta forma o espaço para uma maior discussão e reflexão sobre o problema.



1. Sendo o casamento não sujeito a um padrão bíblico, judicial e cultural universal, entende-se que Deus o concebe conforme o tempo, cultura, costume e padrões normativos da sociedade, desde que não infrinja os princípios estabelecidos pela palavra de Deus, dentre os quais a heterossexualidade e a fidelidade conjugal (Gn 1.27, 2.22-25; Ex 20.14, 17; 1Tm 3.2;).



2. Não há na Bíblia sagrada nada que fundamente a idéia de que para ser reconhecido por Deus, o casamento precise de uma certidão ou contrato, quer estabelecido pelos pais, pela religião ou pelo estado. A prova disto é que os casamentos que não foram realizados ou regidos por tais instrumentos, eram diante de Deus reconhecidos e válidos (Gn 1.27-28; 24.58-67; 29.21-30; 41.45; Ex 24.1; 1Sm 18.27; Rt 4.9-13; Mt 1.24-25, etc.) O contrato de casamento é mencionado apenas no livro apócrifo de Tobias 7.13, e mesmo assim com caráter descritivo e não prescritivo.


3. Os contratos de casamento, a princípio estabelecidos pela família em algumas sociedades antigas, sem a interferência do Estado, vindo a fazer parte do universo jurídico apenas num passado recente, eram motivados por questão de ordem material e não afetiva. Não era a legitimação do casamento a preocupação inicial, mas sim a partilha dos bens ao final deste.


4. Só a partir do século IX a igreja (católica), começou a chamar para si a competência para regular de forma exclusiva a toda matéria matrimonial, vindo no Concílio de Trento em 1553 dar ao casamento a condição de sacramento da Igreja. Até então, desde a Igreja Primitiva, não havia dificuldade no reconhecimento do casamento conforme os padrões sócio-culturais, desde que fundamentado nos padrões bíblicos, conforme já citado.


5. No Brasil, a Igreja no seu princípio seguiu as diretrizes da Constituição Republicana de 24 de Janeiro de 1891, no art. 72, parágrafo 2°., que reconhecia apenas o "casamento civil", e do Código Civil que vigorou a partir do 1° de Janeiro de 1917, cujas disposições só reconhecia como válido o casamento civil celebrado pela autoridade secular. Entendendo se dever cívico de submissão às autoridades constituídas (Rm 13) e da preservação dos bons costumes (padrão culturalmente instável), a Igreja Evangélica, sem maior reflexão bíblica, privou o batismo nas águas e consequentemente da santa ceia aqueles novos crentes congregados que se encontravam diante da "lei" irregulares e marginalizados em virtude de sua união conjugal não seguir as diretrizes legais de então, quanto ao casamento ou reconhecimento do status de família. Com os graves problemas que esta exigência jurídicas causou, uma vez que não eram reconhecida pelo Estado as uniões conjugais estáveis, acontecia que no momento da separação entre estes "casais", a mulher sempre sofria prejuízos na partilha (quando havia partilha) de bens e em outras questão básicas.


6. Diante deste quadro, partindo de mudanças no Direito Tributário, o Estado acabou por reconhecer através da Constituição de 1988 em seu art. 226 parágrafo 3°, a união estável entre homem e mulher como entidade familiar, caracterizada pela convivência pública, contínua e duradoura com o objetivo de constituir família. Tal artigo foi regulamentado pela Lei 9.278 de 10 de Maio de 1996 e pelo novo Código Civil de 10.01.2002 em seu art. 1723. O Estado com isso corrigiu um erro e uma injustiça, retomando o principio dos primórdios da sociedade onde "o fato do casamento era por si reconhecido e satisfatório. Tais mudanças nas leis do país, não quebraram nenhum principio bíblico referente a vida conjugal entre homem e mulher, ao contrário, consolidaram o referente princípio.


7. Não há Novo Testamento nenhuma exigência para o batismo nas águas relacionada a "contratos ou certidões de casamento", aliás, as únicas exigências são arrependimento, fé, consciência e vontade (Mc 16.16; At 2.38-41; 8. 36-37). A história e a Bíblia (Mt 15.3) nos revelam os riscos de se colocar a "tradição" acima da Palavra de Deus promovendo com isto a injustiça.


8. É no mínimo contraditório o fato de se negar o batismo nas águas para os crentes que participam ativamente da vida congregacional, contribuem com seus dízimos, dão ofertas, evangelizam, fazem parte dos órgãos de cântico, alguns são líderes, ensinam na escola dominical, e são batizados com o Espírito Santo. Só não podem assumir funções "oficiais" e participarem da Santa Ceia.


Mudar é incômodo, mas por vezes é necessário. Mudar com responsabilidade, avaliando as conseqüências das mudanças é essencial. O desejo por mudança, por bem intencionado que seja, acaba mexendo com padrões fortemente estabelecidos e arraigados em qualquer instituição. Não quero ser simplista, visto que a questão exige assim uma análise cautelosa.


O pensador e questionador corre o risco de ser mal interpretado e até "excomungado" (Jesus, Paulo, Lutero, Luther king e outros que o digam). Pensar diferente nem sempre é pensar errado. Pensar criticamente é necessário. Pensar biblicamente é sempre certo. O propósito desse texto é fazer pensar, refletir, gerar discussão, debate, pois só assim os erros podem ser corrigidos, as mudanças podem acontecer e a justiça pode ser promovida.


ALTAIR GERMANO,
42, pastor, teólogo, pedagogo, especialista em Educação Cristã, pós-graduando em Psicopedagogia, mestrando em Teologia e Pedagogia Cristã
Visite o site do Pastor Altair Germano: http://altairgermano.blogspot.com/



Campanha:Diga Não a erotização de crianças.Não alimente a pedofilia e não induza ao pecado.Não publique fotos de crianças nuas,com roupas intimas ou de banho.

47 comentários:

Anônimo disse...

MUITO BOM. QUE PENA QUE A IGREJA NÃO ENXERGA ESSA VERDADE, TEMOS QUE OBEDECER A LEI MAS NAQUILO QUE FERE A PALAVRA DE DEUS NÃO PODEMOS ACEITAR. SÓ DE TOLTAL ACORDO APOIAR E BATIZAR PESSOAS AMAZIADAS, POIS PRA DEUS ESTÃO CASADAS, AGORA SE AS PESSOAS ACHAM QUE NÃO, PROBLEMA DELES. ELES JÁ RECEBERAM NO CORAÇÃO O MAIS IMPORTANTE J E S U S ... SERÁ QUE O BATISMO É MAIS IMPORTANTE QUE JESUS? PORQUE OS AMAZIADOS NÃO PODEM RECEBER O BATISMO SE O MAIS IMPORTANTE ELES RECEBERAM? PODE MANDAR RESPOSTA QUEM QUIZER. Pr. Maiko.

Anônimo disse...

MUITO BOM. QUE PENA QUE A IGREJA NÃO ENXERGA ESSA VERDADE, TEMOS QUE OBEDECER A LEI MAS NAQUILO QUE FERE A PALAVRA DE DEUS NÃO PODEMOS ACEITAR. SÓ DE TOLTAL ACORDO APOIAR E BATIZAR PESSOAS AMAZIADAS, POIS PRA DEUS ESTÃO CASADAS, AGORA SE AS PESSOAS ACHAM QUE NÃO, PROBLEMA DELES. ELES JÁ RECEBERAM NO CORAÇÃO O MAIS IMPORTANTE J E S U S ... SERÁ QUE O BATISMO É MAIS IMPORTANTE QUE JESUS? PORQUE OS AMAZIADOS NÃO PODEM RECEBER O BATISMO SE O MAIS IMPORTANTE ELES RECEBERAM? PODE MANDAR RESPOSTA QUEM QUIZER. Pr. Maiko.

Anônimo disse...

LEGAL!,E ,CONCORDO COM ESSA MATÉRIA SE,O ESPIRITO SANTO QUE É DEUS HABITA NA VIDA DAQUELES QUE SE ARREPENDEM E VEM PARA CRISTO!COMO QUE O HOMEM PODE IMPEDIR DA PARTICIPAÇÃO DA CEIA E DO BATISMO SE É UMA ORDENANÇA DIVINA A TODOS QUE SE ARREPENDEM E DESEJAM SEREM PARTICIPANTES DESSES MANDAMENTO?

rosane disse...

tomar a santa seia sem ser casado no civile religioso é serto ou errado?tenho minhas duvidas me ajude a tirar,abrigado

Wilza disse...

Por muito tempo carreguei comigo esse peso, até que tive o privilégio de conhecer o ministério ao qual faço parte hoje, onde pude compreender verdadeiramente os propósitos de Deus para o casamento à luz da sua palavra e não baseados em conceitos criados pelo homem em nome de religiosidades. Quando aceitei Jesus já estava com meu marido e tínhamos um filho, ele ainda não O aceitou, quando a Igreja me privava de cargos, batismo e ceia, eu então o precionava a casar no civil, mas na concepção dele não há necessidade, ele ainda é um homem natural. Um dia eu me pus a questionar se seria justo eu perder o melhor de Deus por questões que não depediam somente de mim. Comecei a orar e estudar sobre o casamento, foi quando entendi que os mandamentos de Deus para o casamento se baseiam em princípios que vão muito além de uma certidão ou contrato de casamento, são verdadeiros Páctos de amor incondicional, é uma pena que muitos ministérios tem privado e frustrado pessoas em sua caminhada e crescimento espiritual, baseando-se em alegações tão distorcidas da palavra de Deus.

vania disse...

EU ACHEI MUITO INTERESSANTE ESSA MATÉRIA MAIS EU TENHO UMA DUVIDA! ESTOU ESPERANDO O MEU DIVORCIO SAIR JA DEI ENTRADA JA TENHO UMA CERIDAO AVERBADA PELO JUIZ ONDE CONSTA Q ESTOU JUDICIALMENTE SEPARADA SÓ ESTOU AGUARDANDO O DIVORCIO!MINHA DUVIDA É A SEGUINTE EU TENHO UM DOCUMENTO DE UNIAO ESTAVEL COM MEU ATUAL ESPOSO Q CONHECI 2 ANOS DEPOIS Q MEU EX MARIDO ME DEIXOU PRA VIVER COM OUTRA MULHER QUERO SABER O SEGUINTE POSSO TOMAR SANTA CEIA TENDO UM DOCUMENTO DE UNIAO ESTAVEL? LOGICO QUE PRETENTEMOS NOS CASAR ASSIM QUE MEU DIVORCIO SAIR SE ALGUEM PUDER ME RESPONDER FICAREI GRATA!! QUE DEUS ABENÇOE

Pr Ismael e Pra.Cleire disse...

Irmã, paz

A questão deve ser resolvida pelo seu pastor e por você. Vou explicar. Tem Pastores que ainda não conseguem conceber este pensamento, de que a união estável seja suficiente para se considerar alguém como casado.Então, acabam de alguma forma impedindo que a pessoa nessa condição participe da ceia. Bom, entendo, que a ceia é algo entre você e Deus e não deve ser proibida ou autorizada por pastor, que tem a incumbência de lhe ensinar, mas não fazer escolhas por você. Enendi bem a sua situação, e se você fosse membro na igreja na qual estamos pastores, você seria incentivada a tomar a ceia. Eu faço sempre a seguinte pergunta: Está pessoa iria para o céu caso ela morresse hoje, sendo que já recebeu Jesus como s eu salvador? A resposta é sim. Então quem pode entrar no céu, pode tomar a ceia. Existem coisas no nosso passado, que perduram no tempo até que tudo se resolva, mas para aquele que está em Cristo, nova criatura é, as coisas velhas ficaram para trás e tudo se fez novo, e mais, Deus não leva em consideração o tempo da nossa ignorância. Caso não haja impedimento pastoral, tome a ceia e seja agradecida a Deus pela sua bondade e misericórdia.

Abraços. Pr ismael

Waldir disse...

PRECISO DE ORIENTAÇÃO, POR FAVOR ME AJUDEM, SOU DIVORCIADO A MUITOS ANOS, A UM ANO COMECEI A PARTICIPAR DE UMA IGREJA EVANGÉLICA, NA QUAL ME BATIZEI NAS ÁGUAS EM OUTUBRO. CONHECI UMA MULHER A 3 ANOS EVANGÉLICA SEPARADA POR ADULTÉRIO POR PARTE DO MARIDO FICAMOS INTERESSADOS UM PELO OUTRO E NOS AFASTAMOS POR QUASE 2 ANOS SE REENCONTRAMOS NO FINAL DO ANO PASSADO, ELA DE CERTA FORMA MESMA DESVIADA ME CONDUZIU A IGREJA EVANGÉLICA E ME ENCONTRAR COM JESUS. NO INICIO DE 2010 TIVEMOS RELAÇÕES POR UM PERÍODO DE 3 A 4 MESES QUANDO ELA VOLTOU PARA IGREJA E DESDE ENTÃO NÃO TIVEMOS MAIS RELAÇÕES DEVIDO AS QUESTÕES RELIGIOSAS,SÓ DEPOIS DE CASADOS, MAS TIVEMOS CONTATOS ÍNTIMOS SEM CONSUMAR A RELAÇÃO SEXUAL. EU TENHO 47 ANOS E ELA TEM 34 NOS DOIS TEMOS FILHOS, EU A AMO E JÁ PEDI ELA EM CASAMENTO CONVIVO COM ELA "NÃO NA MESMA CASA" FILHOS DELA E MÃE TENHO ACEITAÇÃO DE TODOS, MAS ELA DIZ QUE NÃO ESTA PREPARADA PARA CASAR E QUE TUDO TEM SEU TEMPO OU MELHOR O TEMPO DE DEUS, (QUESTÃO NÃO ENTENDO MUITO MAS ASSUNTO PARA OUTRA OPORTUNIDADE) ELA QUE DEUS AINDA NÃO CONFIRMOU NOSSO CASAMENTO, ELA FALOU QUE EU ASSUSTEI ELA COM MINHA PRESSA, NÓS NOS AMAMOS MAS ELA NÃO SE SENTE PREPARADA PARA CASAR, MAS A TENTAÇÃO É GRANDE. AQUI AS PERGUNTAS: 1ª ELA DEIXOU O MARIDO POR SER VÍTIMA DE ADULTÉRIO E NÃO SE SEPAROU LEGALMENTE APESAR QUE SÓ CASOU NO CIVIL, ELA COMETEU ADULTÉRIO AO TER RELAÇÕES COMIGO? 2ª EXISTE ALGUM TIPO DE CONFIRMAÇÃO POR PARTE DE DEUS PARA CASAMENTO? 3ª SE NÓS NOS AMAMOS E TEMOS O CASAMENTO COMO META É PECADO TERMOS RELAÇÕES SEXUAL? 4ª O FATO DE NOS TOCARMOS E DESEJAR UM AO OUTRO O PECADO É CONSUMADO? 5º COMO DEVO AGIR TENDO COMO BASE A BÍBLIA?

ke.ki15 disse...

essa matéria é muito útil, pois estou nessa situação: meu marido sumiu há mais de 20 anos,a justiça federal me deu o direito de receber pensão por morte há mais de 5 anos. vivo com outra pessoa há mais de 18 anos e não estamos participando da santa ceia porque não somos casados, eu como era de outra denominação, fui batizada e participava da ceia mas ele nem batizado é. agora que estamos na mesma congregação estamos enfrentado esse problema. somos dizimistas, ofertantes,temos varias funções na igreja, visto que trabalhar na seara são poucos. o fato de não poder participar da ceia muito me entristece, porque se não participo não tenho parte com Cristo. tá muito dificil, me ajudem em nome de Jesus e que a paz esteja convosco

maria disse...

todos vcs tem que ler a palavra ,nao só aletra mas como o espirito de Deus ENSINA,NÃO PARA O SEU BEL PRAZER.

Pr. Luiz Eduardo Gomes disse...

(Mateus 28:18) - E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
(Mateus 28:19) - Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Quem tem todo poder na terra e no céu?
Pois é JESUS é o único que tem todo o poder tanto no céu como na terra.
E o único que tem esse poder ordenou ide,fazei discípulos de todas as nações (cultura diversificadas índios por um exemplo no amoniza tem cartório civil?
João estava onde mesmo pregando no deserto não é?
tinha um cartório civil ali?
Foi uma ordem batizando em nome do Pai,Filho e Espirito Santo.
(João 8:32) - E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
principalmente da religiosidade.Graça e Paz a todos os Santos.

Anônimo disse...

excelente esta materia, tenho uma união estavel, constituda no cartorio, há 12 anos,já fomos casados, ele tem 4 filhos , eu tenho 3do antigo relacionamento,com ele não tenho filhos.mas o que nos mantem unidos é o amor, sou cristã á 8 anos e ele não, porem espero o tempo d Deus na vida dele,faço a obra com muito amor ,porem este duvida era meu espinho na carne,as vezes inconcientemente achava até q meu marido me atrapalhava e varias x por ser cristã e vive união estavel achava q estava pecando e até me restringia em fz algumas coisas na igreja, parecia mulher leprosa.graças á Deus a luz sobre este assunto esta sendo acesa.

camila.vilar@bol.com.br disse...

gostei muito da matéria mas estou com uma dúvida quem puder por favor mim responda estou próxima a assinar uma união estável mas queria saber se com esse papel de união estável posso receber a benção (como um casamento)na igreja????
quem puder mim responde...
Obrigada....

Vlademir Valério disse...

O que falta para a maioria dos pastores aceitarem a união estável é cultura, lamentavelmente. A bíblia apenas diz para cumprir a lei dos homens (lei civil) e união estável é protegida pelo estado como entidade familiar. Gostaria que tivessem argumentos na palavra de Deus para proibir isso como tem acontecido até o presente. A hipocrisia e a falta de conhecimento imperam na igrejas. Tantos casais que se amam verdadeiramente estão em união estável e quantos casados no civil (como recomenda a igreja) vivem um verdadeiro inferono matrimonial. Para conhecimento, o maior índice de divórcio no Brasil são de evangélicos. abraços

Anônimo disse...

É uma tristeza saber que tem pessoas assim como essas que não seguem a cristo e sim faz seu próprio mandamento. Em Paulo ele diz: se for para viver abrazados então que se casem e além do mais Deus deixou a lei dos homens e a Lei de Deus.
Que Deus possa usar de sua misericórdia para com vocês que acham o contrário.

Anônimo disse...

Lamentavel, aos poucos estão querendo incutir, certas coisas no seio da igreja do Senhor, mas bem diz a palavra que nos ultimos dias muitos se apostatariam da Fé, a palavra se cumpre GLÓRIAS A DEUS, JESUS ESTA VOLTANDO, tomemos bastante cuidado pois está escrito em RM 12.2 "E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa agradável e perfeita vontade de Deus". Não temos que moldar a Palavra de Deus, e sim nos moldar a Palavra de Deus. Temos que ter cuidado, pois foi as pequenas raposas que destruiram a vinha, JESUS ESTÁ VOLTANDO.

Anônimo disse...

se nao precisa casar? por que Deus disse que sexo fora do casamento e pecado,

Anônimo disse...

Essa materia fere o que diz a Biblia sagrada. união estavel é coisa de satanas para destruir o casamento. Casamento precisa de testemunhas, sempre foi assim na Biblia, nao pode ser uma coisa solta, e para se participar das coisas da igreja tem que se arrepender, se tornar uma nova criatura, "nascer denovo", não ter embaraços em sua vida, ser um obreiro que não tem do que se envergonhar. Tem pessoas com o pretexto de uniao estável por causa de dinheiro, ou com o pensamento, se essa pessoa nao der certo pronto nem estou casado com ela mesmo. Os preceitos da Biblia sao eternos. Lamentavel essa materia. Fiquei muito triste com esse pensamento comentado nesse porter.

Danieli Bezerra
Fortaleza-Ce

Anônimo disse...

Boa noite, primeiro vamos entender o assunto,para depois comentar, o que é união estavel?.E o reconhecimento por Lei, dos mesmos direitos que uma pessoa casada tem, mas isso para efeito só dos direitos,nota que á uma recomendação na própria Lei, para que se a pessoa quiser,pode se casar, tanto que na união estavel, não se chama de esposa ou esposo, mas sim de companheiro, e a esposa não tem o sobrenome do marido, ou seja esta união foi feita para facilitar somente os direitos entre ambos, por isso não pode ser encarada como casamento, se voçê esta diante de uma situação como essa, tome um ato de fè e se case, pois vale a pena perder uma gorda pensão, ou outras coisas mais, do que viver debaixo de um jugo deste, temos que ter o cuidado, pois a nossa carne tende a puxar, para aquilo que é fácil, e que nos agrada,temos que nos agarrar naquilo que é bom, verdadeiro e puro aos olhos do Senhor, fica na Paz do Senhor e que Deus possa abrir o vosso entendimento.

Diacono Rodrigues - Membro do Curso de Casados

Anônimo disse...

eu achei interessante esse tópico, mas não é de Deus união estável,não tem testemunhas..
como Deus vai abrir a janelas do céu para esse casal? eu vivo de união estável há 4 anos é conheci o senhor Jesus há 7 meses eu estou em oração e pedindo uma direção para Deus pq eu nao quero viver assim.eu sei que Deus tem o melhor para cada um de nós!melhor se casar!!!

Michelle disse...

A união estável foi regulamentada pela constituição Federal,( 226,§3º) como uma exceção, vez que grande é o número de familias brasileiras que são formadas por este instituto, e seria injusto que duas pessoas que viveram juntas durante determinado lapso temporal, fossem privadas no tocante a divisão justa de bens. A regra à luz da Bíblia e até mesmo da Constituição Federal é o casamento, inclusive a própria Constituição afirma que a lei deverá facilitar a conversão da união estável em casamento. Nos dias atuais queremos tentar encontrar um jeitinho brasileiro, para continuarmos vivendo no erro. A bíblia é clara ao dizer acerca do matrimônio, afirmando que o mesmo é o propósito de Deus para a formação da família(Hebreus 13:4). É importante ressaltar, que as pessoas viúvas que recebem benefício do INSS, podem se casar e não perderão o seu benefício em razão de constituir o matrimônio. Irmãos estamos nos finais dos tempos, e não podemos querer mudar a santa Palavra de Deus, a porta para o céu de fato é estreita, e se quisermos passar por ela temos que consertar as nossas vidas e não nos acomodarmos no erro. Se case, Deus irá abençoar o seu casamento...o que impede que duas pessoas que se amam e vivem juntas há muito tempo de se casarem? Vençam os impedimentos e busque se casar, não aceite viver uma vida que não seja no centro da vontade do nosso Deus!

Anônimo disse...

Se um novo convertido, que vive uma vida conjugal ainda não regular, perguntar ao seu pastor:
- Se jesus vier hoje buscar sua Igreja, eu irei com Ele para o Céu, tendo em vista que o aceitei de todo meu coração e ceio Nele?
Provavelmente seu pastor lhe diria:
-Sim, claro que sim!
Então o novo convertido lhe faria um novo questionamento:
-Se jesus me aceita no Céu, por que me negas o batismo e me negas o desejo de ser participante do corpo de Cristo?
È um caso a refletir com muito carinho!!

Anônimo disse...

As igrejas aceitam o divorcio e casam pessoas novamente batizam aceita como membros enquanto a Biblia é contra o divorcio, Como as Igrejas aceitam coisas que a biblia condena e aceitam a leis dos homens que casam e no outro minuto separam.

Anônimo disse...

A Paz do Senhor amados!! Gostaria de saber se já existe este ministério aki na Bahia, e em quais cidades?
Agradeço e aguardo a resposta Diaconisia Nely do Ministerio Restauração. Mamoan, Ilheus-Bahia

Anônimo disse...

Tem um versículo na palavra de Deus que diz "meu povo sofre por falta de conhecimento" precisamos de meditar mais na palavra para intender qual a boa e agradável vontade de Deus a nós, onde na bíblia fala sobre certidão de casamento com ou sem separação de bens primeiro o que é casamento? ai sim omitirmos opinião sobre união estável, tudo isso é lei humana, precisamos sim obedecer como obedecemos a lei de transito, mas vida com deus vai alem de papel e onde na bíblia proíbe alguém de participar da ceia onde proíbe alguém de batizar leiam corintios onde fala " examine se o homem a si mesmo" então é coisa individual de cada um como salvação é individual
cuidado que nós que se intitulamos crente e nem sabemos o que é crente, mas precisamos sim ser cristão seguir o ex de cristo.

Pr. Julio Nascimento disse...

Fiquei muito feliz e ao mesmo tempo impressionado com todas as opiniões. Pois como nós os filhos de Deus, pertencendo ao mesmo Pai, declarando a mesma fé, temos opiniões tão diferentes e não apenas opiniões, mas o pior, atitudes muito controversas. Amados podemos até pensar diferentes, mas não agir diferentes. Não sou o dono da verdade, nem tenho respostas para todas as situações, o que vou escrever aqui são palavras que acredito que podem ajudar nas nossas decisões.
O casamento foi instituído no Jardim do Edém quando Adão ao ficar impressionado pela beleza de Eva disse: "Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne"(Gn 2:24). Eu penso que quando Adão viu Eva, ele quis ter exclusividade nela e dar a ela exclusividade nele. Adão disse: Serão uma só carne. Para duas pessoas se tornarem uma é necessário um milagre, ou seja, o poder de Deus deve ser derramado. A grande questão é: Quando é que Deus, ao ser clamado, não derrama o Seu poder?
Desculpem mas vou ficando por aqui. Como eu disse: Não sou o dono da verdade e também não quero criar uma nova doutrina em lugar nenhum. Cada caso é um caso. Na minha Igreja eu decido o que fazer. Pessam a Deus orientação antes de expressarem regras supostamente "bíblicas" em público, pois podemos destruir vidas que pertencem a Deus, ou uniões que sejam da vontade Dele. Há tempo para todas as coisas...
Que Deus abençoe a todos.

eu e meu Deus disse...

com certeza essa materia é util ,,,,+ queria muito me batizar e naõ posso pq meu marido naõ quer porque diz quem mora junto quando casa se separa e com isso nunca poderei ser um membro de uma igreja ,só alguem que esquenta um banco ,sei que DEUS me conforta-ra´´porque tenho sede de DEUS ,QUERO CRESCER E LEVAR VARIAS VIDAS P DEUS .

Anônimo disse...

eu moro junto a 23 anos,minha igreja e metodista,sou batizada e tomo ceia mais nao posso pegar cargo oficial por nao ser casada,,é meio contraditorio,,o q eu devo fazer?gostaria de casar no religioso mais nao posso,,,se ceu me casar de v4erdsade eu perco uma pensao de pai q me ajuda a sustentao meus 3 filhos,,,

Anônimo disse...

eu carrego esse peso comigo! e hoje pesquisando sobre o assunto estou quase tirando o peso das minhas costas! ainda me sinto mau por manter um relacionamento e não estar casada, e perceber os olhares quando participo da santa ceia. Mais meu coração não me condena como eu sinto o mundo me condenar. Preciso estudar mais para ficar tranquila quanto a isso. è muito bom ver estes testemunhos, como me ajudou! Deus te abençoe wilza! juliana!

divanir disse...

é interessante observar a preocupação dos fieis á Deus acerca da ceia,batismo, só se preocupa com isto quem deseja obedecer,me choca a questão de até a santa ceia que o proprio Judas participou agora um amasiado,divorciado e outros não poder participar,Cristo não excluiu nem o seu traidor desta celebração porque excluiriam á estes?

divanir disse...

é interessante abservar que até Judas participou da santa ceia, isto revela que Jesus não faz acepção de pessoas sobre esta questão.Agora as doutrinas arrumaram meios de julgar,excluir e até condenar os amasiados e divorciados. Só Jesus na causa.

Anderson Trindade disse...

No Novo Testamento, fornicação é o termo usado para traduzir a palavra grega Porneia, termo técnico que designava um matrimónio inválido. Isso ai meu amigo continue incentivando às pessoas a fornicarem a vontade.

Anderson Trindade disse...

è engraçado como as pessoas usam de vans justificativas para justificarem seus pecados..

Anônimo disse...

EM CRITO GRAÇA E PAZ;O QUE É UM CASAMENTO E SEU SIGUINIFICADO;
o casamento que Deus realizou entre adão e éva,não teve testemunha,e nem foi feito escrito algun,asim como muitos casamentos no passado,e o que é um casamento,ou uma união estavel,se não a união de um homem e uma mulher?se para muitos o casamento é baseado n que esta escrito na lei,a união estavel tambeme,a biblia diz que o homem seja marido de uma so mulher,assim como a mulher...,a igreja não tem autorida,para descriminar as pessoas,e proibir las de paraticipar e ser participantes na obra de Deus,pois os direitos são para todos,se uma união estavel pode doar seu dizimo,ofertas,e muitas outras doações,asim como todos desta forma tem os mesmos direitos.sou a favor sim da igualdade,entre todos os membros,em en tudo.estou a disposição para ralizar cerimonia religiosa entre homem e mulhere em nome de DEus e da contituição da federação do brasil,os abençoar em nome de Deus.(BISPO GESUY).meu msn bipogessuy@hotmail.com facebook é o mesmo.

Unknown disse...

meu DEUS Q ISSO Q ESSES CIDADÃO ACABOU DE DIZER NEM ELE SABE O DISSE TENHA MISERICORDIA DESSA VIDA

Macedo disse...

BATIZAR NÃO PODE MAS DIZIMAR E OFERTAR PODE NÉ ?

Macedo disse...

Batizar não pode mas dizimar e ofertar pode, né ?

Unknown disse...

Essa também é minha duvida não sou casada no civil e nao faço a santa ceia so por causa disso tenho medo estar pecando mas eu penso que nem vc Wilza um abraço fique com Deus.

Alvaro Perreira disse...

E quem aqui disse que não precisa casar?
Não seje religioso!!! Se o Casal aceita Jesus e vive em comunhão conforme a palavra quem disse que não são casados?
E mais no caso da irmã acima "Aceitei-O mas meu conjuje não" - Em 1 coríntios 7 vers.:13 diz: "E se alguma mulher tem marido incrédulo, e ele consente em habitar com ela, não se separe dele. 14 Porque o marido incrédulo é santificado pela mulher.
E outra se o casal convive junto se amam se respeitam e tem Jesus no coração e caminham conforme sua palavra e congregam eles não são casados perante Deus?
Deus precisa de papel ou algum religioso hipócrita para intermediá-lo?
São pessoas como vcs que desviam muitas ovelhas de seus caminhos.
Que a Paz do SENHOR esteja com todos vcs.

Marcia disse...

Gostei da matéria, as pessoas interpretam mal as coisas, precisa ter sabedoria, para entender as coisas, não adianta a mulher ficar forçando o homem que não é cristão casar... a salvação é unica e deus nos deu o livre abi trio... e para os não entendidos da lei um casamento em união estável precisa ter um contrato assinado que vivem juntos e ter duas testemunhas para ter validade na justiça.

Anônimo disse...

meu irmão le em Rute 4 do 1° ao 12

Anônimo disse...

NEM ENTRE OS HOMENS UNIÃO ESTÁVEL É CASAMENTO. UMA MULHER AMASIADA É CHAMADA JURIDICAMENTE DE COMPANHEIRA, A CASADA DE ESPOSA. O ESTADO CIVIL DA AMASIADA É SOLTEIRA. A AMASIADA N REGISTRA O FILHO EM NOME DO PAI SE ELE N ESTIVER JUNTO AO AUTORIZAR LEGALMENTE, A CASADA BASTA LEVAR A CERTIDÃO DE CASAMENTO. PRA UNIÃO ESTAVEL SER CONVERTIDA EM CASAMENTO É PRECISO UM PROCEDIMENTO LEGAL, SE ELA PRECISA DE UM ATO FORMAL PRA SER CHAMADA DE CASAMENTO, ENTÃO ELA N É. AGORA NO MEIO DA SOCIEDADE A COISA E VISTA DE OUTRO ANGULO. OS COSTUMES DO PASSADO, O ATO DO SERVO IR BUSCAR UMA ESPOSA PARA ISAQUE, DENTRO DAQUELA CULTURA SIMBOLIZAVA UM COMPROMISSO DE CASAMENTO PERANTE AQUELA SOCIEDADE. E ASSIM ERAM AS DEMAIS UNIÕES, OS COSTUMES A CULTURA JA VIAM AQUILO COMO UM CASAMENTO. O ATO ERA PUBLICO . NÃO EXISTE UM PONTO PACIFICO NESTE ASPECTO NO MEIO DOS CRENTES. E ASSIM É JOVENS SE AMASIANDO, AFINAL TUDO É NORMAL, ANTES VCS LUTAVAM PRA SER DIFERENTES DO MUNDO, HOJE VCS CRENTES ESTÃO IGUALZINHO O MUNDO.

Fernanda Oliveira disse...

Atualmente namoro e quero me casar e ter uma família alinhada com os planos de Deus, mas recebo uma pensão vitalícia do meu pai que eu perco caso case no civil. Gostaria de saber se posso casar apenas no religioso?

Fernanda Oliveira disse...

Atualmente namoro e quero me casar e ter uma família alinhada com os planos de Deus, mas recebo uma pensão vitalícia do meu pai que eu perco caso case no civil. Gostaria de saber se posso casar apenas no religioso?

Anônimo disse...

QUERO ME CASAR PORÉM NÃO TENHO CONDIÇÕES POIS HOJE EM DIA CASAMENTO É MUITO CARO PELO MENOS NAS MINHAS CONDIÇÕES ENTÃO GOSTARIA DE ESTAR FAZENDO UMA UNIÃO ESTAVEL SOU EVANGELICA BATIZADA E PARTICIPO DA CEIA SERÁ QUE A UNIÃO ESTAVEL TEM A MSM IMPORTANCIA PARA DEUS.

Anônimo disse...

Sou amaziada a 5 anos e tenho 4 anos q aceitei Jesus em minha vida. Sonho com o momento de poder fazer parte da Santa Ceia e poder trabalhar na obra, pois tenho muita vontade de fazer a obra completa a qual fui chamada. Quando tomei a decisão de aceitar o Senhor Jesus, foi em primeiro lugar tocada pelo Espirito Santo e segundo pela palavra q o pastor dizia naquela noite'' venha como está, não importa suas vestes Jesus vai te fazer uma nova criatura e o seus pecados será lançado no ''lago do esqcimento''. Alguns meses depois q fins este compromisso com Jesus fui batizada com o Dom do Espirito Santo e daí entaun o Senhor me ungiu como vaso e me usou varias vezes para honra e gloria do nome dele. e tudo aquilo q foi entregue pelo Senhor através da minha vida, o senhor tem confirmado...Mas msm assim muitos naum crê q sou instrumento na mão do Nosso Deus.Sofro muito e até cheguei a pensar em desistir. Mas o Senhor tem falado grandimente ao meu coração e q jamais me deixará enganada e confudida, Pq fui escolhida por Jesus e naum por homem. Ficam na paz e continuam ajudado essas pessoas q como eu se senti muito triste e sofre muito com tudo isso...

Anônimo disse...

CADA TEMPO E CADA CULTURA, TEVE SEUS RITUAIS QUE SIMBOLIZAVAM UMA FORMALIZAÇÃO DE UM ATO.

UNIÃO ESTÁVEL NÃO É CASAMENTO: NÃO MUDA O ESTADO CIVIL DOS ENVOLVIDOS, CONTINUAM SENDO SOLTEIROS; SÃO CHAMADOS DE CONVIVENTES OU COMPANHEIROS.

A COISA TA FICANDO BOA, A JUSTIÇA JÁ COMEÇOU A RECONHECER UNIÃO ESTÁVEL DE UM HOMEM COM DUAS MULHERES.

A IGREJA TA MAIS PREOCUPADA EM SER AMADA PELO MUNDO, A IGREJA MORRE DE MEDO DE SER ODIADA POR AMOR A CRISTO.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...