SEGUIDORES

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Estou lutando sozinha pelo nosso casamento, estou quase desistindo.

Boa noite, pastor,

Sinto que meu casamento esta por um fio. Meu marido e não nos entendemos. Eu já estou cansada de viver desse jeito, ficar alternando entre tudo bem e nada bem. Eu não consigo entender como as coisas podem podem ir de um extremo a outro em tão pouco tempo. Às vezes fico com raiva pq essas coisas acontecem logo comigo, que gosto de ler livros, matérias, tudo sobre casamento, pois é um assunto que me chama a atenção. E como sou casada, ( leia mais clique abaixo)
a minha maior vontade é aprender mais sobre esse assunto juntamente com meu marido, dividindo com ele a leitura de um livro, fazendo uma espécie de devocional, aprendendo a melhorarmos como cônjuges com a direção da palavra de Deus. Já tentamos fazer isso, mas não consigo entender pq ele tem um preconceito enorme com esses livros, diz que duvida que o que os autores escrevem seja verdade, que aquilo realmente funcione. Ele aceitou a ler um comigo, pq insisti, mas uma semana depois ele disse queria mais ler, pq o livro não contou nenhuma novidade pra ele, não acrescentou em nada. Lembrei-lhe de que ele aceitou ler comigo, e ele ficou jogando na minha cara que eu que "forcei a barra" pra ele ler. Na nossa última briga cheguei a tirar a aliança do dedo. Me sinto extremamente frustrada por estar casada com um homem que não tem a ambição de melhorar como marido, que não queira se comprometer de verdade em crescer, se aprofundar nosso relacionamento, para fazer ser mais do que duas pessoas embaixo do mesmo teto, dividindo as contas. E cada vez que ele repete que esses livros não servem pra nada é como se ele dissesse que nossa união não é importante pra ele, dói demais. Eu não sei mais o que fazer. Tenho medo de que sejamos tipos de pessoas que não conseguem ser felizes juntas por muito tempo, pois é como se a felicidade de uma sufocasse a da outra, e que estejamos gastando tempo e energia insistindo em algo que não tem um futuro muito promissor.Por favor, me dê uma orientação.

Irmã, boa noite e paz em meio as lutas.
Você me parece nervosa com a situação quando diz que o casamento está por um fio e é nisso que quero começar este aconselhamento. Minha querida, ainda que isso possa fazer parte da sua realidade, sendo uma possibilidade na qual você tenha pensado, comece a encher o seu coração de Deus, você precisa se “entusiasmar” ( encher-se de Deus) e fortalecer a sua fé, não creia no momento ruim, mas sim creia no que a Palavra de Deus diz sobre a família. Lembre-se das palavras de Jesus quando amaldiçoou a figueira que estava pronta para dar frutos e não dava, ainda que fosse temporão. A figueira amaldiçoada simboliza todo tipo de frustrações, de nulidades, de fracassos com o qual estamos convivendo, inclusive o casamento. Depois de amaldiçoar e assim secar a fiqueira sem frutos, ele disse aos discípulos que ficaram pasmos com o poder de suas palavras, então ele, deu uma aula prática sobre fé, e disse lhes que tivessem fé em Deus( e não em coisas, estratégias, recursos humanos, influências, etc), e que orassem com fé, não duvidando no seu coração que aquilo que dissessem na oração, já era deles. Ele disse que se ordenassem ao monte( símbolo de coisa firme, inatingível, imutável) sem duvidar, o monte teria que obedecer a ordem e sair daquele lugar e ir para outro, e isso pode parecer loucura, mas é a loucura da fé. Creia, o monte realmente vai sair, por mais firme que pareça estar ali, por mais tempo no mesmo lugar, por mais assustador que pareça, ele vai sair e não importa como, Deus é quem fará isso acontecer. Então o primeiro passo é se encorajar a partir da Palavra de Deus. Anote textos, grife, destaque em sua Bíblia textos como Isaias 50.10 b- “ Quando andar em trevas, e não tiver luz nenhuma, confie no nome do Senhor, e firme-se sobre o seu Deus.” Sabe minha irmã, quando a gente não vê possibilidades, não enxerga nada adiante de nós que possa nos livrar, então é hora de crer que Deus nos ajudará, e ore como quem acredita. Anote todos os versículos bíblicos que renovarem a sua esperança e os tenha sempre a mão, isso vai te fortalecer. Outro dia contei aos irmãos sobre uma querida cujo marido estava pedindo o divórcio, já com a intimação para a audiência, e ela tentou de tudo, conversou, pediu, chorou, buscou aconselhamento, sem sucesso,  e num dado momento ela pegou a intimação do juiz e a sua certidão de casamento e foi até a igreja e clamou a Deus, apresentando os dois documentos ao Senhor, e dizendo que um documento Deus era testemunha dele, e o outro era de um juiz da comarca, mas que ela queria o parecer do Juiz de Toda a Terra, o Senhor das Nações, o Todo Poderoso, e saiu dali. Mais tarde, o marido que já não falava mais com ela ligou e pediu para conversarem, e então, ele se arrependeu e voltou para casa momentos antes da audiência de separação. Ore e creia, que Deus irá mudar o casamento de vocês. O coração das pessoas está nas mãos de Deus e Ele os dirige para onde quer, assim como faz com as águas do rio, Deus também faz com que os corações humanos sejam dirigidos para que cumpram seu propósito nesta terra.
Esse é o conselho espiritual, agora, vamos falar de relacionamentos, a prática conjugal, o que pode ser feito. Eu sei que é difícil fazer algo quando só um luta pelo casamento e o outro não se importa muito, mas não se deixe abater por causa disso, Deus estará trabalhando, lembra?  
Os homens de um modo geral, são menos sensíveis que as mulheres, eles não percebem com tanta facilidade que as coisas não estão indo bem no casamento, e não veem tanta necessidade de se fazer muita coisa, para eles basta estar havendo sexo, conseguindo pagar as contas e as crianças com saúde, já é o sinal de que tudo está “maravilhosamente” bem. E sabemos que não é assim. Muitas vezes as esposa não se sente amada, ainda que seja, mas não é esse o seu sentimento no dia a dia, e aí fica com um pé atrás com tudo que ele faz e fala, quando então, não faltam feridas abertas. Olha, coloque um controle nos seus sentimentos que eles são enganosos, o seu coração pode trabalhar contra vocês, ele pode sabotar o amor, e criar raízes de amargura, e isso não é bom. Lembre-se do dom da reconciliação, da capacidade que você tem de ser resiliente, e não leve adiante pensamentos de guerra e sim de paz. Faça isso, seja uma boa companhia, mesmo que ele não esteja merecendo. Tenho aprendido a me comportar em algumas situações, olhando não para as pessoas , mas olhando para as pessoas e vendo Cristo, e me perguntando o que Cristo faria no meu lugar, e isso me ajuda a ser melhor, a caminhar mais uma milha, a segunda milha.
Os homens também não gostam muito de falar sobre o relacionamento porque, via de regra, a mulher está mais informada e com mais capacidade para discutir o problema e elas tem memória de elefante, lembram de coisas que ele falou ou fez há meio século atrás, e isso assusta qualquer marmanjo. Além do que , um homem não gosta de perder nem no jogo de palitinho, quanto mais perder a discussão com a mulher, então, como vai perder, ele prefere não entrar nessa seara. Talvez você pudesse mudar a estratégia, ao invés de convidar ( acho que você forçou mesmo a barra) para ler livros junto com você, talvez desse um outro resultado, se você fizesse comentários furtuitos, esporádicos, em dose homeopáticas, a título de comentário despretensioso, entende, como quem não quer nada, lança a semente no momento certo. E cada vez que algo bom ele fizer, por menor que seja, alegre-se diante dele, abrace, celebre mesmo, seja agradecida, sabe, às vezes precisamos ser condicionados para o bem, a fazer aquilo que esperam de nós, um pouco de motivação extra ajuda e muito. E quanto ao preconceito contra os livros, é bem verdade que tem algumas literaturas de pouca valia, mas há livros maravilhosos que nos convidam a praticar os seus ensinamentos, poderia até indiciar o livro “Ele ama, ela respeita”, procure ler, vai falar com você, é a sua cara, foi escrito para casos como o seu. Ali você vai aprender que o seu marido precisa ser respeitado, independente de mérito ou dos seus sentimentos, e também, que a esposa deve ser amada, ainda que o coração do marido não esteja disposto a fazê-lo . É um mandamento, e não disse o Senhor “mulher respeite o teu marido, se ele for bonzinho com você”, ou ainda, “marido ame a sua mulher quando ela merecer ser amada”, não é isso que diz. Primeiro a gente tem atitude de amor e respeito, depois as coisas boas voltam a acontecer na relação. O autor fala do ciclo vicioso que se instala na relação. A mulher  fala “ ele não me dá amor, então, não o respeito como marido”, e o marido, por sua vez, diz “ela não me respeita, então não lhe amo”. Esse ciclo nocivo precisa ser quebrado, e um dos dois vai ter que tomar a iniciativa para tal. É preciso estabelecer um ciclo saudável , e isso se faz com atitudes de bem, com boas práticas nas relações, com mutualidade, carinho e ternura.
Um livro se torna interessante e surte efeito tão somente quando nós praticamos o que nele aprendemos, se ficar só a título de informação, então não haverá realmente nada que possam fazer por nós. Amor gera amor, bondade gera bondade, carinho atrai carinho, ternura produz ternura.
Tenho insistido em nossas palestras que há um poder na ternura que pode mudar o rumo de um casamento. Veja, ternura vem de "terno", e terno é "meigo", meigo é mago, mago é aquele que encanta., logo, ternura são atitudes encantadoras que um dedica ao outro, atitudes que fascinam, que encham o coração de alegria, percebe o seu valor?
 Olha, querida, eu fico preocupado quando as pessoas tem comportamento de tirar a aliança, dormir no sofá, ficar de cara feia vários dias, pois tudo isso, é a brecha que o Diabo quer para se colocar como intruso na vida do casal, é a autorização que ele espera, então, não faça isso. Mesmo se não der para resolver a situação não durmam separados, não tirem alianças, não neguem com atitudes aquilo que vocês prometeram com suas bocas em pacto para toda a vida.
Gosto de contar em nossas palestra a história do marido que contratou o pistoleiro para matar sua esposa, vez que eles não estavam se entendo, assim como vocês dois. O matador disse ao marido que tratasse muito bem a esposa por 30 dias, que fizessem coisas diferentes que nunca tinha feito, que levasse café na cama, que ajudasse na arrumação da casa, que mandasse flores, que se deitasse mais cedo e fizesse amor, que elogiasse ela diante das pessoas, enfim que desse a ela um tratamento VIP. Porque assim logo as pessoas saberiam que ele a amava, e a tratava bem, e não teria motivos para mata-la. O marido começou a tratar bem a esposa, no início ela ficou resistente, e pensava “ o será que ele tá querendo”, mas com o passar dos dias, café na cama, presente, flores, e tudo o mais, ela acabou baixando a guarda e aceitando aquilo tudo, e passou a retribuir, tornou-se mais gentil com ele, passou a falar de sua admiração pelo homem que ele era, melhorou a relação sexual,  passou a procura-lo na cama, se arrumar para ele, e dessa forma, nesse “love” passaram-se trinta dias. Quando chegou a data  marcada para o matador atacar, o marido estava trabalhando quando se lembrou e saiu em desabalada carreira indo direto para sua casa, chegando lá encontrou o indivíduo com a arma na mão, na sala de estar, e gritou com ele  “saia da minha casa, ela é a mulher da minha vida, ela é o meu grande amor, suma já daqui!!” O casal estava se amando de novo, os cuidados dele com ela os fez a paixão sair das cinzas.
Veja é uma história que pode ser vivida, faça um experiência, procure mudar você com relação a ele, e verá que em três meses , com perseverança, ainda que engolindo seco algumas vezes, como que querendo desistir , continue, e você verá bons resultados. Eu creio nisso, mesmo porque por trás das atitudes das pessoas quase sempre tem um motivo, mas que não é falado. Quem sabe o sexo de vocês é meramente para cumprir o dever, e você sabe que o homem oferece amor quando recebe sexo, diferentemente da mulher que oferece sexo, quando recebe amor. Então tome a iniciativa, deixa o orgulho na prateleira, e enfrente o desafio de ser a mulher dos sonhos de um homem que no momento não está merecendo, mas vai merecer ainda.
E para finalizar, lembre-se que vocês são gente de Deus, portanto tem o Espírito de Deus em vós, e não cabe falar que estão tendo uma incompatibilidade de gênio, pois o espírito que opera nos dois é o próprio Deus, então, seja cheia do Espírito Santo e você verá melhor a vida, com novas perspectivas, paciência , e esperança. A palavra dita a seu tempo produz um efeito enorme, diz Salomão, então procure aquelas "janelas" que ela abre para o diálogo e troque as críticas e acusações pelo encorajamento, comece bem as conversas, elogie antes e ao final fale de mudanças necessárias. Façam mais amor, arrumem tempo um para o outro. Creio na tua vitória, siga em frente na força de Deus.

Abraços, Pr Ismael e Pra,Cleire. "Fiquem com Deus, fique em família" Palestrante para casais e famílias.

5 comentários:

Noemi disse...

hola paso visitando nuevamente su blog, bendiciones
mi blog www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com

Anônimo disse...

Fico impressionada, os homens não gostam de buscar informaçoes, de saber como agir corretamente dentro do casamento; nunca tomam atitudes para melhorar não tem tempo ou interesse em buscar ajuda, ficam sempre na mesma parece que esta sempre tudo bem da maneira que esta. A mulher por sua vez a maioria delas sempre buscam ajuda procuram aconselhamento lêem livros e etc.mas tudo que vimos por ai são orientações para que a mulher seja sabia, para que tenha paciência que saiba conduzir o casamento seja sempre disposta sexualmente e etc.Parece que as obrigações do homem de cuidar da esposa zelar pelo bem estar dela e dos filhos, ser provedor esta tudo nas costas das mulheres e elas estão carregando um fardo enorme que não é naturalmente seu mas do marido que é um frouxo e não dá conta do recado, quando vamos questionar ainda escutamos que não existe diferenças nas obrigações depois que a mulher buscou direitos iguais, porém eles ao que parece ficaram isentos de obrigações, acorda pastores dá uma bronca nestes homens que estão virando uns sem o que fazer...

Unknown disse...

Concordo!

risingfallenangel33@gmail.com disse...

Concordo!

risingfallenangel33@gmail.com disse...

Concordo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...