SEGUIDORES

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Tenho ciumes, quero mudar mas não consigo.

Preciso de ajuda, não sei mais o que fazer para mudar, quando vejo já tomei atitudes erradas. Eu sou casada a um a ano e meio e de uns dois meses para cá eu tenho tido muito ciúmes do meu marido, antes nunca tinha isso, mas agora  estou desconfiada de tudo, principalmente das redes sociais, eu tenho a senha de  quase todas as redes sociais dele e fico mexendo e as vezes fico brava com ele por bobagens, mas na hora parece que eu estou certa e depois eu vejo que não estou, que é uma desconfiança sem fundamento, mas quando vejo que estou errada  é depois que ele me explica e já tivemos uma discussão.


Irmã, olha você reconhece o erro, sabe que é mal, quer parar com isso, mas não consegue, não é mesmo?
Você disse que antes não tinha ciúmes, mas que agora desenvolveu isso em sua vida. Pode ser que algo novo esteve provocando esse ciume. Talvez esteja vivendo um momento de baixa auto estima, quem sabe ganhou uns quilinhos, enfim, alguma coisa está ti levando a uma insegurança. Talvez , antes da faculdade,  você não visse tanto perigo assim, mas agora, fica pensando nas muitas mulheres bonitas que estão por lá...e entra em crise.  Quanto a bisbilhotar as redes sociais não vejo mal nisso desde que seja de mente serena,  sem pensar mal do seu marido ( porque aí já é pecado), afinal as redes estão aí  para publicarmos  coisas de nossa vida. Particularmente eu faço uso das redes sociais, mas sou zeloso para que isso não desperte nenhum sentimento ruim em minha esposa. Não fico curtindo fotos de mulheres, também não faço comentários que possam ensejar qualquer coisa diferente daquilo que eu realmente quis dizer. Isso é evitar a aparência do mal, uma virtude cristã, conduta preventiva em prol da paz no relacionamento. Talvez, com tranquilidade vocês pudessem conversar sobre isso. Já vi casos de pessoas que abriram mão de manter um conta no facebook , pois estava fazendo mal para o relacionamento. A questão é que talvez isso , por si só não resolva, talvez amenize um pouco, mas o problema vai continuar porque está dentro de você.
Vamos pensar o que algumas pessoas e autores já disseram sobre comportamentos que estão enraizados em nós e mesmo querendo e sabendo que é mal, não conseguimos nos desfazer dele com facilidade. 

O Apóstolo Paulo disse que “o mal que não posso fazer, esse faço, e o bem que tenho que fazer, esse eu não faço” , ele estava lavando a sua alma , se recriminando porque cometia erros previsíveis e não conseguia de se libertar deles. Penso que ele falava de dificuldades nos relacionamentos com outros discípulos, ou pela sua maneira dura de ensinar verdades e provocava conflitos, ou por ter um nível de exigência alto demais. O certo é que ele também estava sofrendo por coisas que fazia de errado de maneira recorrente, ainda que não quisesse. Isso nos dá a ideia do quão difícil é provocarmos mudanças em nossa personalidade ( ainda tem gente que pensa que pode mudar o outro).

Augusto Cury, psiquiatra, psicoterapeuta, escritor afamado, diz que o ciumento excessivo  bloqueia sua capacidade de gerir suas emoções e ser líder de si mesmo.  Que o ciúme brando é aceitável, e pode até fazer bem para a relação, pois tem o condão de proteger. O medo de perder o objeto de nosso desejo aprisiona a ambos. Quando é excessivo acaba sendo egocêntrico, castrador, asfixiante e desinteligente.

Augusto Cury diz também que as pessoas tendem a desejar e valorizar  mais aqueles que tem uma alta estima elevada do que aqueles que se apequenam e são cabisbaixos.

Com minhas palavras digo, o ciumento põe tudo a perder, pois o amor inicial não consegue se manter com o desenrolar da vida, ele vai se apagando até não restar mais razões para continuarem.  A pessoa amada acaba perdendo a admiração e o prazer de estar junto do ciumento, a vida vira um inferno. E o inferno é quente demais.

Pois bem e daí, você me pergunta, como faço para resolver isso? Vai ter que lutar contra isso, não basta uma simples desejo e nada mais. Pessoas dizem, "não vou mais fazer isso ou aquilo" e , de repente, estão de novo fazendo a coisa errada. De boas intenções o inferno está cheio. É preciso fazer disso uma prioridade, uma luta constante, orar a Deus, pedir ajuda, sabedoria para administrar melhor suas emoções, é preciso encher-se do Espírito de Deus para que não sobre espaço para o “espírito de porco” ficar trabalhando em sua mente. Também é preciso cuidado com as palavras, não seja precipitada, aprenda olhar melhor, dar uma segunda olhada, antes de abrir a boca. Tendemos a ver aquilo que acreditamos que iremos ver, e nem  tudo que os nossos olhos vem são aquilo que pensamos ver.

Isaias 59.5 fala sobre o chocar ovos de basiliscos, quem comer desses ovos morrerá, e quebrando-os nascerá uma cobra que os picará. Ser ciumento é chocar ovos de basiliscos ( serpente) na mente.  Então administre melhor seus pensamentos, não pense o mal, pense o bem, não se deixe vencer pelo mal, mas vença o mal com o bem. De vez em quando pode haver uma recaída, mas não desanime , volte a policiar sua mente, até que chegue ao ponto de não sofrer mais por causa de coisas que sua mente cria.

Quero reforçar aqui, é preciso desejar a mudança, trabalhar para isso, buscar conhecimento,  refletir bastante sobre o prejuízo que vem cometendo e o perigo que está trazendo para o relacionamento ao manter-se as coisas como estão. E assim , buscando a mudança sempre, dias, semanas, meses, anos, décadas, é como se vai conquistando terreno sobre o problema. Cultive a auto estima, fique bem, fique de bem com você mesma e com a vida, se tem algo que a incomoda demais e é possível corrigir, então corrija. Tenha uma auto imagem positiva de você mesma, e não fazendo como a maioria das mulheres quando se olham no espelho: “Espelho, espelho meu, existe alguém com mais defeitos do que eu?” .Cobre se menos, diminua seus níveis de exigência para com outro também. E acima de tudo, esteja entusiasmada ( enTEOsiasmada, cheia de Deus). 

Abraços, Pr Ismael e Pra,Cleire. "Fiquem com Deus, fique em família" Palestrante para casais e famílias.

Um comentário:

Clara Sol disse...

Olá Ministério.
Passando uma mensagem para a amiga que estar sendo vencida pelo medo.
Amiga ciúmes não te leva a lugar nenhum.
Escuta o que o pastor diz e segue o conselho. Se estar um pouco acima do peso isso se resolve com uma dieta, mas nada de exageros.
Pouco tempo de casada e já não há mais confiança em si, a melhor atitude a fazer é se pegar com Deus, pois ele cura todos estes males que a estar consumindo.
Espero que encontre a felicidade outra vez..
Abraços ternos.
ClaraSol

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...