SEGUIDORES

Google+ Followers

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Olhe bem para o estado de tuas ovelhas ( esposa e filhos)

Por Pr Ismael

Pv 27:23
"Procura conhecer o estado das tuas ovelhas; põe o teu coração sobre os teus rebanhos..."

Estamos vendo lares que aparentemente são estruturados e o casal vive bem, mas que é só aparência. Sem querer ser agressivo, mas alguns lares se apresentam como sepulcros caiados, que causam uma boa impressão para quem olha de fora, mas que por dentro está mal cheiroso.
E não é de lares onde a presença de Jesus é tratado com indiferença, não!! Estou falando de lares que professam a fé em Cristo. Lares onde o relacionamento com Deus se apresenta como sendo muito bom, gente de Deus, mas que o relacionamento entre o casal vai de mal a pior.E também com os filhos.
Olha, os maridos cristãos tem que acordar para uma grande verdade: a igreja é importante, o trabalho também, mas se formos negligentes com o nosso relacionamento conjugal, estamos sujeitos a infelicidade, angústias e dores sem fim. Isso, sem se falar na possibilidade de ver o adultério bater à porta. Durante o dia de hoje, atendemos uma sequência de casos de famílias cristãs onde a negligencia está levando o casal a um distanciamento muito grande, com a intimidade sendo relegada a segundo plano. Os homens desses lares cristãos, estão se consumindo com seus muitos afazeres, buscando consolidar as metas alcançadas, querendo a todo custo manter o status em que chegou e se possível alçar novos vôos. Mas não tem consultado as esposas para saber o que elas estão achando disso tudo. Estão olhando tanto para frente que se esqueceram de dar , pelo menos, uma olhadinha do lado. Estão cegos pela necessidade de melhorar a vida, de fazer crescer o patrimônio, ou de lutar para se manter , que não tem tempo para saborear a vida a dois. Nós homens, temos nos esquecidos que as mulheres precisam de relacionamentos, isso é uma necessidade, e elas buscarão suprir essa carência,ainda que, äs vezes, seja num relacionamento maligno.Pedro, I Pe 3, recomenda a nós homens que vivamos a vida comum do lar, tratando nossa esposa como a parte mais frágil do relacionamento, e que precisa de nossa compreensão, carinho, e ternura. Uma mulher é capaz de compartilhar uma vida simples, sem luxo, sem riquezas, mas vivida com amor, com um relacionamento gostoso com seu marido e assim ela pode, mesmo no pouco, ser muito feliz. Ela fala bem do marido, se satisfaz com o arroz e feijão,sabe esperar dias melhores, mas quer um marido presente, e quando é assim , não tem disposição para a traíção. Mas por outro lado, uma mulher pode ter tudo de bom, carro novo, casa nova, um marido bonito, mas se não estiver sendo bem cuidada nas suas emoções, em algum momento isso irá se revelar com surpresas nada agradáveis. E os homens também não são muito diferentes. Eles também precisam de alegria no lar.Paulo escrevendo a Timóteo diz que quem não cuida bem dos de sua casa, de sua família, é alguém que tem negado a fé, e é pior do que o incrédulo.Pensamos que este texto está falando de não brigar, não deixar passar fome, coisas assim. Entretando, o ser humano precisa ser bem cuidado numa maneira integral, nas suas necessidades fisiológicos, emocionais e relacionais. Todos precisamos, mais do que ter algo do que se vangloriar, precisamos de um motivo para ser, ser feliz, ser alegre, amado, protegido nas nossas emoções. Isso é o que vale a pena. Quando meu pai faleceu, nós ficamos numa miséria de dar dó. Nossa mãe, e os quatro filhos, todos ainda crianças, fomos morar num lugar que servia de galinheiro e foi melhorado para a gente habitar ali, era o que tínhamos. Porém , naquela pobreza, não faltava carinho, amor, amigos, e sempre alguém trazia algo para nos ajudar. Nossa casa vivia cheia de gente. Havia alegria, mesmo sem nada ter. Então aprendi que não preciso de boas coisas para ser feliz, preciso de bons relacionamentos. Acredito que tem muito crente, pensando estar cheio do Espírito, estão na verdade negando a fé e se comportando de uma maneira pior do que o ateu.Isso porque não estão pastoreando o coração da esposa e nem tampouco dos filhos. Eu não quero alongar este texto, na esperança que muitos leiam, mas quero finaliza-lo deixando um recado, como alguém que sabe o que está falando: "Olhe bem para o estado de suas ovelhas"...enquanto é tempo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...