SEGUIDORES

Google+ Followers

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Aconselhamento: Quero ser uma esposa excelente.

Pedido de aconselhamento de uma leitora do blog Casados em Cristo.

"Oi... preciso de ajuda, quero aprender a mudar no meu relacionamento . pra poder ser uma boa esposa, quero ser uma esposa excelente." 


Minha irmã, paz. 

Boa coisa você deseja. Ser melhor a cada dia é a proposta de Cristo para nossas vidas. O evangelho chama isso de aperfeiçoamento, que na verdade é um amadurecer de uma pessoa que vai moldando sua vida aos conselhos de Deus. Dessa maneira a vida vai ganhando um brilho e refletindo aquilo que Deus é e faz por nós.Quanto mais de Deus houver dentro de alguém, mais semelhante a Ele essa pessoa se torna,e quanto mais parecida com Deus, mais fácil serão seus relacionamentos com os seus iguais.

Um pensador disse que "quando eu mudo, tudo ao meu redor muda comigo", e isso é uma verdade. Para melhorar um relacionamento, a primeira atitude é com relação a própria pessoa. É considerarmos nossas fraquezas e tratar duro com elas, e isso pode ser diagnosticado a partir das reclamações sensatas do outro. Acredito que quando uma pessoa reclama de algum gesto meu, é preciso considerar. Quando duas pessoas reclamam do mesmo gesto, é hora de me preocupar, mas quando três ou mais pessoas reclamam é sinal de que algo tem que ser feito e com urgência. Mudar  é a ordem.

Com relação ao casamento e família, importa reconhecer o valor dessas instituições para Deus e mesmo para o Diabo, pois este vai atacar com severidade, numa tentativa de não permitir que o casal reflita a glória de Deus na terra. Satanás vai tentar impedir e lutará para que não sejam aquilo que Deus quer que sejam, representantes do Senhor entre os homens.

Num plano espiritual, é preciso se apegar a Deus , abrigar-se Nele. E ter 
a exata compreensão da guerra espiritual em que a família de encontra envolvida. 
E quando falamos em guerra espiritual ,  estar em posse das armas mais poderosas
que a Bíblia fala é uma necessidade , ou seja, a salvação, a verdade, a justiça, a paz, a oração, e a Palavra.

Essas armas apontadas precisam mais do que ser mentalmente conhecidas. Não basta conhecê-las é preciso vivê-las.
A Salvação é a primeira necessidade, ela nos coloca diante de Deus como filhos amados, perdoados e membros da grande família de Deus. Pergunte-se a si mesmo e veja se a resposta é positiva.Seria eu um filho de Deus ? Já tenho Cristo habitando em mim? Quanto a verdade, ela é a ausência de enganos,de mentiras, de falcatruas, e de hipocrisias no viver diário de alguém. A verdade é transparência,é abertura da alma de quem não tem nada a esconder e temer. A justiça fala da retidão de conduta, da capacidade de se pensar no bem do outro, de ficar no prejuízo quando isso for o mais honesto, é abrir mão de lutas cuja vitória sabe não merecer. Ser justo é ser moral, ético, correto,é ser desprendido de ganância e avareza, é ter olhos para a dificuldade do outro. A paz é cria da justiça, são parceiras. Onde há justiça, há também a paz. Onde há injustiça há resistência e conflito. A paz fala da quietude de alma, do desarmar-se de toda arma carinhosamente guardada para ser usada contra o próximo. A Palavra é a bússola que indica a direção, o melhor caminho, e que precisa estar queimando dentro do peito, viva e pulsante. Quem assim procede, quem usa essas armas, desarma o Diabo, e coloca seus argumentos que são contrários por terra, afasta o mal e o bem é  vencedor. A oração é o clamor pelas necessidades, pelo socorro de Deus. Creio que muitas coisas estão prontas para serem liberadas pelo céu, entretanto, Deus aguarda a chegada da oração, até para que o filho se lembre que pediu ao Pai e o Pai concedeu, e assim , glorifique a Ele.
Ademais minha irmã, tudo aquilo que desejas, ofereça primeiro, tudo que quiser receber, doe.Aprenda o dom da misericórdia e compaixão, sofra junto com o sofrimento do outro, apiede-se.Olhe com bons olhos, escute com ouvidos que querem realmente ouvir. Use suas mãos para levantar, nunca para empurrar alguém. Não faça acusações, não trabalhe com a desconfiança, confie. Perdoe de pronto, mesmo que o perdão não lhe seja pedido, ofereça, liberte.Aprenda o segredo da reconciliação, permita que o faltoso volte a ter vida contigo. Esteja dentro da mesma canga e como um boi velho, ensine o outro a caminhar , faça um esforço maior, com paciência, caminhe uma segunda milha. Seja para ele um suporte, um apoio, uma companhia agradável, uma esperança e um consolo.

No amor, seja a que cuida e protege. Se entregue confiadamente. Diminua suas queixas, aumente as alegrias quando estiverem juntos, repense o seu nível de exigência, aumente a tolerância, não deixe  o orgulho comandar sua vida. Se depois de tudo, o amor não for correspondido, continue orando, acreditando no milagre, crendo que Deus virá a qualquer momento a teu favor, que as coisas mudam, acredite que toda circunstância está sujeita a alterações, basta um sopro de Deus. 

Deus te abençoe e te guarde, fique com Deus, fique em família.

Abcs, seu irmão em Cristo, Ismael.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

PT trabalha para acabar com a Família tradicional, a Igreja e as Forças Militares.

Denuncia afirma que Comissão da verdade quer acabar com a familia, a Igreja e as Forças Armadas ,

Os militares acreditam que a Comissão é um órgão “para acabar com pilares sagrados da extrema direita: a Igreja, a família cristã e as Forças Armadas”, como define o assessor especial da presidência do Clube Militar do Exército, general Clóvis Purper Bandeira. “Eles (integrantes da Comissão da Verdade), filhos da burguesia, querem acabar com as instituições como a família, a Igreja e as Forças Armada”, comentou.

Mesmo com a definição expressa nos objetivos do órgão, de trazer a verdade sobre os crimes cometidos pelo Estado em nome da ditadura militar, as altas patentes das Forças Armadas ainda insistem na ideia de que se deve buscar uma paridade na composição da comissão e nas investigações. O general de brigada do Exército Luiz Eduardo da Rocha Paiva afirma que os casos de militares que morreram em conflito com os movimentos armados também precisam ser investigados.
“Já que ela (a Comissão) está aí, que funcione, mas que cumpra o que está na lei. A lei é bem clara, não é para investigar apenas os crimes cometidos por agente públicos. A lei diz que deve ser feita a reconstrução dos casos de graves violações dos direitos humanos para que seja prestada assistência às vítimas. E aquelas 120 vítimas do outro lado? Essas são, por acaso, cidadãos de segunda categoria?”, questionou o general que acusou a Comissão de se “autolimitar”.
Em março, o Clube Naval do Rio de Janeiro, o Clube Militar do Exército e o Clube da Aeronáutica divulgaram uma nota oficial denominada “Mensagem à nação brasileira”. O documento criticava os trabalhos da Comissão da Verdade. As entidades afirmaram que havia no Brasil um Estado de exceção e que, por esse motivo, era necessário o sufocamento de uma ameaça comunista.
Abraços, Pr Ismael e Pra,Cleire. "Fiquem com Deus, fique em família" Palestrante para casais e famílias.

Preserve a intimidade conjugal ( Pastor Ismael, Palestrante para casais )


Abraços, Pr Ismael e Pra,Cleire. "Fiquem com Deus, fique em família" Palestrante para casais e famílias.

Pastor Ismael Palestrando para casais fala sobre a insensibilidade de marido.



Abraços, Pr Ismael e Pra,Cleire. "Fiquem com Deus, fique em família" Palestrante para casais e famílias.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Uma esposa desejável.



O que os homens esperam encontrar no casamento.

Costumam dizer que os homens são simples demais e as mulheres complicadas, mas penso que é só uma questão de se conhecerem e terem a disposição de oferecer ao outro aquilo que deseja sua alma. Tornar-se desejável aos olhos de um homem deve ser um propósito para ela  e uma oferta de amor a ele. O segredo é amar o outro do modo que o outro precisa ser amado, é estar disposto a isso.

Sexo, bom sexo, muito sexo.

Os homens, de um modo geral, esperam encontrar sexo no casamento. É por isso que eles e casam, ao menos inicialmente.  Quanto mais sexo, melhor e quanto melhor, melhor, esse é o pensamento masculino. Porém, com o passar dos tempos eles acabam se dando conta que mesmo gostando muito de sexo, também há outras coisas que são importantes para a alegria não apenas dele, mas do casal. Li em algum lugar que se não fosse por causa de sexo, os homens se casariam com seu melhor amigo com quem já tem bastante afinidade, e não com uma mulher que lhe é uma incógnita. Brincadeira à parte, o interessante é que os homens gostam de sexo tanto em qualidade como em quantidade, e qualquer dessas duas situações que faltar, já é um bom motivo para conflitos.
Homens e mulheres são bastante diferentes no tocante ao sexo. Eles estão sempre prontos para o sexo, enquanto ela vai precisar de um romance, algumas palavras bem colocadas, um carinho, um olhar, enfim, algo que mexa com seu lado afetivo sexual. Em nossas palestras brinco que um homem só precisa de uma mulher e um cantinho para o sexo acontecer. Se ele tiver pulsação, batimento cardíaco é o primeiro sinal de que está pronto para um encontro sexual.
Um homem jovem, com 17 anos, pouco mais ou pouco menos, está com a sua libido a flor da pele, e não pode ver nem perna de mesa que já fica assanhado, e é por aí mesmo, ele pensa umas 400 vezes em sexo durante um dia, a figura feminina permeia sua mente a todo instante. Os  homens tem o seu ápice sexual aos 16 a 20 anos. Depois disso, inicia-se um lento processo de queda da libido. Mas não se preocupem porque ainda vai longe, até pelo menos aos 80 anos. E ainda tem uma “muletinha” que pode ser usada que são os remedinhos milagrosos que vão dar sustentação quando for preciso ( viagra, cialis, e outros).
Entre os 35 a 45 anos, as mulheres estão com mais sede de sexo que os homens da mesma faixa etária, é quando então se interessam por  homens mais jovens, pois estão, digamos, no mesmo pique sexual.
Segundo dados estatísticos mais de 43% dos cristãos evangélicos praticam sexo três vezes por semana, e 30% deles uma vez por semana, depois vêm os que praticam quinzenalmente, 6%, e aí vai caindo até os que não mais praticam que são em torno de 1%. Isso representa uma média de 3 a 4 relações sexuais por semana. É um número bom, e mostra os estudos que os evangélicos fazem mais sexo que os não evangélicos, que estão com a média em torno de 2,14 por semana.
Esses números são interessantes, pois o homem evangélico costuma ser alvo de chacota entre os seus colegas de trabalho e escola, que dizem que o crente não gosta de mulher, não gosta de sexo, e agora, fica aí a informação que gosta sim, e como gosta. Essas gozações são por conta de que os cristãos não são dados a piadas, a pornografia, as conversas sobre a mulher do outro.
A reclamação dos homens é que as esposas não valorizam sua sede de sexo, principalmente quando vêm os filhos. Um marido cristão queixou-se assim: “ Pastor sou grato a Deus, estou feliz, ganhei um filho, porém, perdi a esposa.” Esse é o cuidado que a esposa cristão tem que tomar, pois veja, as “periguetes” estão por todo lado, tem sempre uma delas se oferecendo a esses homens, não se pode vacilar. Olha o conselho da Bíblia: “Quem está satisfeito despreza o mel, mas para quem tem fome até o amargo é saboroso. Como ave vagando longe do ninho, assim é o homem perambulando longe do lar!…” Pv 27:7,8.
Entendeu direitinho, você esposa, pegue seu homem e ofereça a ele o que ele mais quer, sexo. Costumo sugerir as irmãs que leiam o texto de Provérbios 7, onde fala de uma prostituta que aprisiona os homens e depois os conduz para seu leito como ovelhas que vão para o matadouro, e sem forças para reagir a tentação vão para a morte que é o adultério. Aqui o que se destaca nesse texto são as ações dessa mulher vil, mas que pode ensinar a muitas como se comportarem com seus maridos. Vamos dar uma olhadinha no texto e você já vai entender as ações dela:
“E eis que uma mulher lhe saiu ao encontro ( proativa) com enfeites de prostituta (vestida para seduzir) , e astúcia de coração. Estava alvoroçada e irrequieta; não paravam em sua casa os seus pés ( ansiosa pelo homem). Foi para fora, depois pelas ruas, e ia espreitando por todos os cantos; E chegou-se para ele e o beijou ( iniciativa para o sexo). Com face impudente lhe disse: Sacrifícios pacíficos tenho comigo; hoje paguei os meus votos. Por isto saí ao teu encontro a buscar diligentemente a tua face, e te achei. Já cobri a minha cama com cobertas de tapeçaria, com obras lavradas, com linho fino do Egito. Já perfumei o meu leito com mirra, aloés e canela ( preparou o cenário do sexo). Vem, saciemo-nos de amores até à manhã; alegremo-nos com amores...( provocante). Assim, o seduziu com palavras muito suaves e o persuadiu com as lisonjas dos seus lábios. E ele logo a segue, como o boi que vai para o matadouro ( torna-se vitima dela), e como vai o insensato para o castigo das prisões; Provérbios 7:10-22.”
A mulher tem o direito e o dever de estar bonita para o seu homem, e por isso é preciso investir algum dinheiro com uma roupinha apropriada, alguns perfumes, óleos, lubrificantes se for o caso de falta de lubrificação vaginal, um quarto cheiroso, com lençóis novos, etc.
Sexo não é apenas o encontro do pênis com a vagina, envolve os cinco sentidos, os cheiros, o visual, os toques, sabores e os sons agradáveis, tudo isso importa e valoriza o momento.
Corre uma história entre os evangélicos a respeito do marido que estava sedento de amor, ligou para a esposa e avisou: “Meu bem, me espere  que eu estou chegando, manda as crianças para a casa da sua mãe, faz uma sopinha rala, desliga o telefone da tomada, fecha as janelas, e esteja bonita para mim”. Quando ele chegou em casa, estava quase tudo pronto, a sopinha rala estava na mesa e ela estava no banho, então ele tomou a sopa e foi para a sala ver um pouco de TV, e dali a pouco ela o chama e ele vai. Na sua mente ela iria estar sexy, com um baby doll, uma roupinha transparente ou algo assim, mas quando olhou não acreditou no que viu. Ela estava vestindo uma camiseta amarela, de campanha política, com a foto de um homem moreno, com um enorme bigode, bem no peito. E ainda por cima, tinha uma essa inscrição: “Venha ser feliz, com fulano de tal.”  Ele quando viu desanimou e disse: “ Meu bem, não estou muito legal , vamos deixar para amanhã, quem sabe até lá estarei melhor.”
Depois dos 45 anos e um bom tempo de casamento, quando as novidades já são tão novas assim, uma ereção peniana já não é mais obrigação do homem, mas também um merecimento da mulher e da ocasião. Deixe-me explicar melhor, tem situações que merecem uma ereção e situações que prejudicam uma ereção ainda que se queira.
É desde há muito sabido que os homens são atraídos sexualmente por aquilo que veem, enquanto a mulher é atraída por aquilo que ouve. Se elas são provocadas por um carinho, um elogio, uma conversinha de “pé de orelha”, eles, os maridos, por sua vez, querem ver e querem ser elogiados pelo seu desempenho.
Outro dia uma esposa disse estar feliz e despreocupada porque agora que seu marido “virou crente” ele não terá olhos para outras mulheres e com isso, o adultério não seria mais um fantasma em sua vida. Ponderei e disse: “Cuidado minha querida, os filhos das trevas parecem realmente ser mais sábios que os filhos da luz. Sugiro que você dobre a sua preocupação, pois seu marido poderá ser ainda mais tentado.” Há um provérbio muito conhecido entre os evangélicos, “A mulher sábia edifica sua casa”, pois é, penso que essa sabedoria deve ser bastante abrangente, sabedoria emocional, sabedoria financeira, sabedoria na educação dos filhos, sabedoria sexual, e outras mais. Dizem que um adultério vem precedido de tendências, motivos e oportunidades. Tendência tem a ver com o histórico familiar, a cultura, o aprendizado. Motivos são razões que expõe uma pessoa para o adultério, como a falta de um bom sexo, por exemplo. E oportunidades são situações onde alguém permanece por tempo demais perto do abismo. A mulher sábia é previdente, ora a Deus para proteger seu casamento, mas também toma suas providências para não facilitar as coisas para o mal, pois é assim que a Bíblia nos ensina. Ela diz que “se o Senhor não guardar a casa, em vão vigia a sentinela”, entretanto, não diz que podemos tirar a sentinela, pois é através dela, sentinela, que o Senhor guardará a casa, entendeu?
Um marido não espera que a esposa seja uma miss mundo, uma modelo, não, mas espera que demonstre desejo por ele, e se mostre a ele da melhor maneira, que o procure para o sexo, que tome a inciativa de vez em quando, isso faz bem ao ego masculino, ser desejado.
Uma esposa preocupada com a falta de sexo reclamou com o marido: “Meu bem, o que está acontecendo, você não me procura mais?”, ao que ele lhe respondeu: “Sabe o que é, você se esconde tanto que não consigo achá-la”. O marido quer ter bons motivos para ir para cama logo.
Um dos maiores erros que um casal comete é trazer o filho para dormir na cama do casal, isso atrapalha a intimidade, dificulta o sexo. E quando eu falo de intimidade, falo mais do que o sexo, falo de momentos de boa conversa, de toques e carícias, falo de conhecimento mútuo e de momentos de desabafo, e isso tem que ser preservado, protegido a sete chaves no casamento.
Quando eu estava ativo no serviço policial, fizemos uma “blitz” contra a prostituição no centro de uma determinada cidade, e na ocasião prendemos uma prostituta que nos confidenciou que tinha um “cliente” que toda semana a procurava, eles iam ao motel e lá permaneciam por duas horas e não faziam sexo, apenas conversavam. Ele pagava a ela para ser uma boa ouvinte, e desabafava com ela sobre seus problemas na empresa, na família, no casamento. Ter alguém para compartilhar nossos dilemas, nosso dia, ansiedades, vitórias  e fracassos. No livro de Cantares a esposa sulamita diz: “ Eu sou do meu amado e ele tem saudades de mim.” , esse é o segredo, a mulher tem que fazer por onde o seu marido sinta saudades dela. Ela, sulamita, e seu marido Salomão tinham sabedoria sexual e se comunicavam de um modo a despertar  a libido do outro, veja como eles se falam: “Eis que és formosa, ó meu amor, eis que és formosa; os teus olhos são como os das pombas. Eis que és formoso, ó amado meu, e também amável; o nosso leito é verde. As traves da nossa casa são de cedro, as nossas varandas de cipreste.”-Cânticos 1:15-17.
Aqui estão dizendo que a casa deles não cai, pois os esteios são de madeira nobre, entretanto, eles não estão falando propriamente da madeira usada na construção da casa e sim, da forma como se amam, como se cuidam e dos sentimentos comuns que nutrem, e que isso tudo redunda na solidez da relação. Ela afirma na cama dela eles se realizam, não falta vigor e o amor se renova.
Essas recomendações estão dentro da ideia de I Co 7:3-5, “O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher. Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência 1 Coríntios 7:3-5. A falta de sexo, expõe o casamento a perigo. Pesquisas mostraram que as pessoas se envolvem com outros, adulteram  porque estavam em busca de sexo e não de um divórcio, importa não dar motivos para o cônjuge tenha que recorrer a isso. Geralmente os homens adulteram porque são estimulados a isso por um comportamento social que só falta aplaudi-lo  quando ele traí, por falta de um bom sexo dentro de casa, por falta de um relacionamento verdadeiro com Deus, por falha no caráter, busca de aventura e novidades.  As mulheres traem por causa de abandono emocional, curiosidades, excesso de oportunidade, falha no caráter e também por falta de um bom sexo dentro de casa.

A esposa como a sua amante.

Querendo a mulher ser uma grande esposa, comece por um bom sexo dentro de casa. O sexo exige variação, quebra de rotina, mudança de ambiente, roupas apropriadas, cheirosas, gostosas ao toque.
Ele deseja o teu desejo, adora quando você diz que ele é demais, um garanhão ou coisa assim. Envaidece quando sua esposa lhe diz que ele a faz ir às nuvens durante o amor. Não é preciso se envergonhar, faz parte do jogo sexual, a sulamita de Salomão fala assim: “ ...não há ninguém que se compare a ele, as palavras dele são sempre doces e cheias de amor.” –Ct 5.15b-16. Ele replica: “Você conquistou meu coração, minha bela noiva, você me venceu com um simples olhar, só com um enfeite de seu colar. Minha querida, como é doce o seu amor. É melhor que o vinho; o perfume do seu amor é melhor que o das mais finas colônias, seus lábios são feitos de mel”.
O sexo não é só para o prazer dele, é deleite de ambos, um buscando oferecer gozo ao outro antes mesmo de pensar em si. Quem busca o seu próprio prazer pode encontrá-lo, porém,  se não oferecer prazer ao outro, essa relação será doentia e egoística.
Quando o sexo está meio morno, é preciso voltar a namorar, nesse tempo é preciso deixar um pouco o foco no papel de dona de casa, mãe de filhos, e ser namorada. Estar descansada, disposta e bem humorada e se apaixonar novamente. Outro dia me contaram a história de uma criança que falou à sua mãe: “Mãe, você não tem namorado. Sua mãe a repreendeu por isso. Mas ela insistiu com essa conversa e sua mãe lhe disse que seu namorado era o seu pai. Então, a menina falou: Eu não vejo o pai trazendo flores, não vejo vocês se abraçando. Você não se arruma quando ele está para chegar e também não saem para passear, então, o papai é só um marido e não um namorado.”
Não é necessário estar impecável sempre, mas também não se pode ficar “malacafenta”  o tempo todo. Os olhos se acostumam com aquilo que estamos vendo sempre igual, e chega a ponto de a gente não enxergar mais, é como se não estivesse ali. Assim são as pessoas que estão sempre com a mesma roupa, mesmo cabelo, mesma conversa. Elas passam despercebidas. Não se transforme em mulher invisível para o seu marido. Faça algumas mudanças no visual. E não se esqueça de colocar um pouquinho de docilidade no seu falar, meiguice também não faz mal a ninguém. Pode ser que seu marido não fale nada, mas experimente se arrumar para ele, sem que se tenha motivos especiais, ele vai adorar. Nenhum marido não gosta de ver a mulher quando vai sair, corre toma um banho, fica cheirosa, põe uma lingerie nova, uma roupa bonita, passa uns cremes, uns produtos de cheiro bom (Hum, só de ter que pensar nisso já estou ficando com ciúmes...e com raiva também.), e ele fica só olhando e pensando, “eu que sou marido fico com a malacafenta e outros ficam com o “mulherão”.

Uma boa e agradável companhia.
Deus deu a Adão algumas tarefas como dar nomes aos animais, e exercer um trabalho agrário no Eden, e ele ficou tão empenhado com o trabalho que não notou que estava só. Ele não se deu conta que os animais tinham suas parceiras, até que Deus o avisou de sua necessidade. Então disse Deus: “Não é bom que esteja só, far-lhe-ei uma ajudadora (“Ezer” no Hebraico) idônea para ele.” Preste atenção na palavra ajudadora, ela significa “Ezer” no Hebraico e tem o sentido de “alguém que cerca a vida de outro para protegê-lo”, pois esta é a função da mulher, da esposa com relação ao seu marido, cercar a vida dele para que ele não se perca, para que consiga cumprir com sua missão na terra. E desde então, todos os homens são carentes de ter ao seu lado uma “ezer” para o aconselhá-lo, para dar a ele o que falta nele, para ser para ele não alguém para com ele competir, mas sim, alguém para complementá-lo. Agora, um homem não precisa de uma mulher qualquer , ele precisa de uma mulher que tenha vindo de Deus, pois “ quem encontra uma boa esposa, encontrou o favor do Senhor” ( Pv 18.22 ), e mais, “Riquezas e bens um homem recebe até como herança de seus pais, mas uma boa esposa vem do Senhor para Ele (Pv 19.14 ), então perceba, não serve qualquer mulher, tem que ser a mulher, alguém que venha para somar com ele, levando ele a vitórias maiores. Uma mulher como a mulher de Salomão quando diz algo assim: “ Eu sou para o meu marido como um muro, meus dois seios são suas torres, eu sou para ele um muro, eu sou aquela que lhe inspira paz.” ( cf Ct 8:10). Penso que as jovens cristãs devem se preparar para ser uma “ezer”, uma mulher competente, capaz , em condições de ser uma benção na vida de seu marido. E que seja um muro de proteção contra o mal, uma auxiliadora na missão dele, alguém que com zelo cuide dele e receba em troca, amor e proteção, e que juntos sejam felizes. Nenhum homem quer se casar com uma “confusão ambulante”, “uma jararaca vigilante”, não é disso que ele precisa. Mulher barraqueira, ciumenta , controladora, usurpadora de sua autoridade enquanto cabeça do lar,  definitivamente, estará trazendo angústias e dores para o homem, leia isso:
“Uma mulher virtuosa é uma mulher nobre, graciosa, diligente e amorosa. Ela agrada e honra o seu marido fielmente. Ele é grato e se regozija na bondade de Deus para com ele através dela. Mas uma mulher odiosa envergonha o seu marido, e lentamente o mata de dentro para fora pela sua estupidez, egoísmo, teimosia ou infidelidade.”
A esposa sendo a companheira para todas as horas.
Mulher, procure ser uma companhia agradável, que ele sinta prazer ao seu lado. Marido tem que ver na esposa a sua principal conquista. Um boa companhia é aquela mulher cujo valor deve exceder o  de finas joias, e estar em público abraçado com ela é como estar em posse da taça de campeão, uma situação de triunfo. É a pessoa do tipo “conte comigo sempre” que ele precisa. Conte comigo quando tudo vai bem, e conte comigo quando a coisa der errado. Quando um casal vive o “companheirismo conjugal” é quando eles vivem a mutualidade, que é uma das características da aliança conjugal. Na mutualidade é assim, “eu cuido bem de você e você cuida bem de mim, e assim, ambos sobrevivemos as agruras da vida, nos complementamos e nos realizamos enquanto pessoa.”( o autor).A Bíblia não manda que uma mulher ame o seu marido, pois isso lhe é muito natural, mas manda que respeite, pois respeitar tem a ver com aceitar sua posição de líder, e demanda uma atitude de entrega, renúncia e confiança. Vigie para ser uma companhia agradável, ser mais parceira do que rival, deve se posicionar como aquela que o complementa e não a que compete. Muitas vezes um homem tem coisas em sua cabeça mas não tem com quem contar, e a mulher é a pessoa mais indicada para saber o que se passa dentro dele. Ser companhia é ser, segundo a etimologia da palavra “cum panis”, “aquela que come o pão comigo”. E num relacionamento conjugal é aquela que come o pão comigo, mesmo nos dias em que o pão falta.

Alguém para partilhar seus sonhos e conquistas.
Um homem procura alguém para partilhar seus sonhos e planos, suas alegrias e conquistas. Quer uma mulher para com ela se tornar uma só pessoa, alguém que tenha tanto dele dentro de si, que fique difícil divisar quem é um e quem é o outro. Que sejam parecidos, se não no físico, mas nos ideais, nos propósitos e sentidos da vida, que adorem o mesmo Deus, que O sirvam juntos, e que seja para ele como um “Jardim fechado és tu, minha irmã, esposa minha, manancial fechado, fonte selada( Cânticos 4:12),  uma fonte de alegria e prazer exclusivamente dele e para ele.
E quando um homem ama uma mulher, ele faz de tudo para sua felicidade. Ele a ouvi e considera seus pedidos, cede quando é preciso, e é honesto em tudo. Sem máscaras se revela, pois não tem nada a esconder dela. Este homem divide com ela os pesos e fardos que ela teria que carregar e dá passos concretos para a realização dos sonhos de casal.
Um marido que assume responsabilidade completa e total pela família e toma a iniciativa em transmitir seu amor pela esposa e filhos, é o marido que irá experimentar recompensas incríveis: uma esposa amorosa, apreciativa, disposta a ajudar, mostrando seu lado melhor para ele; filhos satisfeitos e seguros, desenvolvendo-se da melhor forma possível. Eu pessoalmente jamais vi um casamento falhar quando estas prioridades são satisfeitas”. ( Dr. Ross Campbel, psiquiatra, escritor evangélico)
A esposa presente em suas lutas recebendo os despojos que ele trará como vencedor.
Os sonhos representam os desejos de um homem e as conquistas são suas vitórias. Um homem quando sonha um sonho bonito e este se torna realidade, ele precisa partilhar essa conquista , e quando não tem com quem fazê-lo, seu sonho se torna incompleto, e o coração não se alegra. Todo homem precisa ter com quem dividir suas glórias, ele quer ter o prazer de dizer “meu bem, olha o que eu trouxe para nós!” É por isso que, muitas vezes, um homem parece perdido e somente se  encontra quando se casa. Antes ele não tinha motivos para sonhar, não tinha a quem agradar, mas uma vez casado, ele quer agradar a esposa, repartir com ela o que trouxer para casa. A presença dela, a sua existência dá motivos para um homem viver e lutar. É tudo que um homem quer, uma companheira exclusiva e fiel, um bom sexo, o seu respeito e admiração, e filhos bem cuidados dentro de um lar que ele construiu com a ajuda dela.
Enquanto a mulher se realiza quando é notada pelo relacionamento que cultivou com marido, pelos filhos lindos que tem, pela casa que mantém arrumada e bem ornamentada, pelo ambiente gostoso que há no seu lar quando a família se reúne, e também pela sua beleza de mulher, valorizando estar bonita fisicamente, com um corte novo de cabelo uma roupa que lhe caia bem, já o marido gosta dos desafios, uma oportunidade para exibir suas habilidades, coragem, e ousadia.
Um marido precisa ser admirado pela sua competência, inteligência, por suas conquistas e realizações. Ele quer receber dela o reconhecimento que quem lutou e venceu na vida.
Maridos estão sempre em lutas, combates e disputas, ora ganhando, ora perdendo e ser uma companhia agradável, uma mulher interessante para ele é reconhecê-lo diante disso, é acreditar nele, na sua força, competência, astúcia, e isso é tudo que um homem quer, é ter alguém que lhe diga, ainda que sem palavras,  “Ei querido, estou contigo, conte comigo”, ou ainda “pense bem, isso pode dar errado e o prejuízo será grande.”. Ele precisa de alguém para incendiá-lo ou mesmo para o refrear, mas sempre no tempo oportuno e no modo correto de se fazer. 

Abcs Pr Ismael e Pra Cleire, Palestrante para casais.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Meu noivo se ofende com as coisas que falo, tenho medo de perdê-lo.

Olá graça e paz! Boa tarde. Tenho um relacionamento um irmão da igreja a 10 meses exatamente, e estamos noivos nos preparando para casar. No começo tivemos alguns desentendimentos da minha parte referente a ciúmes e insegurança, pois ainda vinha me desligando de resquícios de um relacionamento passado. Nos damos super bem, mas ontem tivemos um desentendimentos, referente a que ele se referiu que eu sempre me ofendo com as coisas que ele fala, e por conta de meu medo de ele terminar e não casar, eu evito dizer as coisas a ele, e meu ciúme também. Ele disse que iria conversar com nosso pastor de aconselhamento dessas situações que vem acontecendo. Cheguei a perguntá-lo se tinha a pretensão de desfazer os preparativos de casamento, e ele chegou a pronunciar que se quisesse desfazer e terminar já teria feito e se quiser terminar nada impedirá. Hoje o convidei para uma conversa franca, depois de ter passado uma noite de conversa com Deus referente as minhas últimas atitudes, resolvi conversar com o mesmo, mas, ele disse que era para eu ficar tranquila que no fim de semana agente conversava, já que não moramos no mesmo bairro e essa conversa só aconteceria a noite depois do expediente de meu trabalho. Me ajude com uma palavra, pois meu coração anda meio triste, receio ele não querer mais, mesmo ele dizendo que se fosse de fazer isso faria e não jogaria indiretas para que eu entendesse isso, e sim chegaria para mim, para falar.

Irmã, vocês estão se conhecendo agora, descobrindo o que trazem dentro de seus corações, suas histórias, suas percepções, o modo como veem a vida, e outras coisas mais. Você traz a marca de uma separação anterior e certamente isso reflete no atual relacionamento. O fato de ter dado errado, de algumas falhas terem acontecido pode servir para balizar sua vida, porém não pode acabar se transformando no problema, entende isso. O seu passado pode ser um sinalizador de perigo somente isso.  Eu vejo nas suas palavras sobre ele um comportamento tipicamente masculino. Homem não gosta de viver debaixo de pressão, na verdade ninguém gosta. Acho que a diferença é que o homem pressionado vai embora, ou não investe na relação. Ele falou que quer conversar com um conselheiro e você já foi logo perguntando se ele queria desfazer os preparativos do casamento, uma forma diferente de dizer acabar o relacionamento, e ele respondeu muito claro que não era isso, mas que os preparativos não seriam impedimentos caso quisesse terminar. Foi outra afirmação clara e lógica, tipicamente masculina, Entretanto, essa conversa deve ter sido um tanto quanto áspera, e os dois saíram arranhados dela, e você está aí angustiada em adivinhar o coração dele. Calma. Você vai saber o que está dentro dele. Enquanto isso procure estudar na Bíblia sobre comunicação conjugal. Ela fala coisas como “ A palavra branda desvia o furor”, “ A palavra dita a seu tempo é valiosa demais”, “ A ira não opera a justiça de Deus”, “ Pela longanimidade se persuade o coração do príncipe e a palavra branda amolece até os ossos”, “ Não se deixe por o sol sobre a sua cabeça”, O Amor não arde em ciúmes”, “ O amor tudo suporta, tudo crê, tudo espera.”, enfim, essas sabedorias de Deus para o relacionamento. Alguns homens não toleram o aperto, e apertar um homem assim é como apertar um punhado de areia em suas mãos, vai acabar vazando pelos dedos, esse não é o caminho. Procure ser razoável com as coisas, não fique cutucando a onça com vara curta, provocando confusão. Diminua o nível de exigências especialmente naquelas coisas de somenos importância. Faça sobrar mais tempo para sorrir, não gaste energia desnecessária com brigas. Mulher tem a mente investigativa e as vezes isso incomoda quando não sabe usá-la, pois ao invés de investigar tudo de maneira silenciosa e guardando no coração, e acaba falando o duvidoso e ainda na hora errada. Salomão dá duas orientações muito importante para a vida, o tempo e o modo. O tempo é o quando as coisas estão maduras para acontecer e o modo é o jeito que as coisas devem ser feitas, descobrindo isso você não terá mais esses conflitos desse tipo. Conversem bastante, façam os ajustes de comportamento necessários.Depois de casados outros ajustes terão que acontecer, especialmente nos primeiros dois anos.  Não se case sem estar com uma estrutura mínima que permita que vocês tenho quietude de alma pela ausência de dívidas. Sabe minha querida, penso que uma mulher, esposa, noiva, namorada, deve ter sempre a ideia de  deve provocar saudades nele, isso faz ele voltar sempre, ele quer uma companheira, alguém para lutar junto dele e ao final dividir com ele as glórias das realizações. O que um homem não quer é uma acusadora, alguém policiando sua vida o tempo todo, isso ele não quer mesmo. Apegue-se a Deus e ele te ajudará a pacificar o relacionamento. Um abraço. Fique com Deus , fique em família. 

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Meu noivo não está tendo tempo para mim, não sei o que fazer, se o abandono ou o traio.

Oi meu nome ... eu sou noiva há 2 anos e meu noivo anda muito estranho há 3 meses , coloca sempre a academia e a corrida na frente , não tem me dado atenção .Está  muito focado na academia por causa do curso do Bope que ele quer fazer , eu sou muito ciumenta e o diabo sempre vem colocando coisas ruins na minha cabeça , pra ficar com ele foi uma luta pois minha mãe não aceita ele de jeito nenhum , eu e ele já passamos por muita prova , ele era muito baladeiro e quando me conheceu largou tudo , hoje estamos na igreja ele não bebi mais e nem fuma e tomou nojo de noitada , só que eu sou uma mulher que amo me sentir amada e amo atenção dele e de uns meses pra cá ele só tem dado atenção a academia , eu já tentei desistir , já tentei esquecer ele ou terminar ... mas,  eu amo muito ele e sempre escuto DEUS falando pra não desistir ... não sei o que fazer , quando meu noivo não esta perto de mim o diabo coloca mil coisas na minha cabeça para trair ele , para larga ele ... não sei o que faço.

Olá irmã, paz.


O seu noivo está fazendo aquilo que a Bíblia manda fazer, se preparando para ser o provedor e protetor de uma mulher e de filhos. E posso dizer com propriedade porque passei quase trinta anos no militarismo e sei que é preciso estar preparado fisicamente. Seu noivo pretende servir no BOPE, o que me impressiona é que você não tem ideia da periculosidade dessa atividade e do quanto o homem tem que estar bem até para que consiga voltar para casa vivo. Talvez ele esteja tão focado que não consegue perceber suas carências afetivas, o que eu não tiro sua razão, mas também é preciso amadurecer para ver até onde sua queixa é legítima. Durante uma vida conjugal haverá momentos de afastamentos necessários e ocasionais, lembre-se do  texto: “há tempo para abraçar e tempo para sair do abraço, tempo de guerra e tempo de paz.....”, pois é isso, ou você tem idealizado o casamento a ponto de achar que isso não acontecerá com vocês? Só peço que você coloque na balança esse afastamento dele, analise o propósito e a real necessidade de que seja assim. Por aquilo que você diz ele rompeu com algumas coisas como vícios, baladas, está indo à igreja, que são indicadores de uma conversão a Cristo. Agora, o problema me parece ser você, seu caráter está mal formado, Deus está ausente de seu coração, sua dignidade é questionável, chego a achar que você não o está merecendo desde agora. Na ausência dele você não sabe o que fazer , se sai com outro homem,  se o abandona. Olhe, pare e pense. Faça um exame de consciência. Que tipo de esposa você pretende ser?  O que você está indo fazer na igreja? Me perdoe, mas saiba que adultério é morte, e se você não mudar seus conceitos, o teu pecado te achará. Volte-se para Jesus por inteiro, não negocie a sua honradez e sua fidelidade, se prepare para ser a esposa cujo valor excede o de finas jóias, aquela que vem do Senhor para a vida dele. Controle seu ciume e se Deus tem falado com você, aguce ainda mais o seus ouvidos para ouvir. Converse com seu noivo, trate desse tema com maturidade, fale de seus sentimentos, de sua solidão, e do quanto o quer por perto, mas lembre-se, adultério não é opção para o cristão. 

Abraços, Pr Ismael e Pra,Cleire. "Fiquem com Deus, fique em família" Palestrante para casais e famílias.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Sinais que indicam baixa testosterona no homem.

Extraído do Blog Andrologia

homem2
Todo mundo sempre ouve falar sobre os hormônios femininos, principalmente durante a época de maior alteração durante a tensão pré-menstrual, a famosa TPM. Mas o que pouca gente sabe é que os homens também são afetados por hormônios, especialmente pela testosterona.
Esse hormônio tem poder sobre características físicas, comportamento e até no desempenho sexual. É comum que os níveis desse hormônio diminuam com o passar da idade, mas é necessário ficar sempre atento para que os níveis permaneçam dentro do normal.
Os níveis recomendados de testosterona ficam entre 300 e 900 nanogramas para cada decilitro de sangue. A partir dos 40 anos, idade próxima ao início da andropausa  -sinônimo masculino da menopausa, a taxa cai aproximadamente 1% ao ano, por isso é indicado sempre incluir esse fator nos exames de rotina para se precaver de possíveis problemas futuros.
Mas os níveis de testosterona diminuírem a partir dos 40 anos não é uma regra: há homens que têm essa taxa diminuída quando mais jovens. Essa alteração traz sintomas por todo o corpo e deve ser solucionada com reposição hormonal. Entre os principais sintomas, estão problemas cardíacos, obesidade, ejaculação precoce e bronquite. Confira alguns sinais para ficar alerta quanto ao baixo índice de testosterona.
1. Pouco interesse sexual
Sintoma mais comum e fácil de ser percebido sem que sejam necessários outros exames. O baixo interesse sexual está diretamente ligado ao baixo nível de testosterona. Mais que isso, o baixo nível do hormônio também pode estar ligado a uma disfunção erétil ou perda de potência sexual. Um sinal de que isso está acontecendo é a falta das ereções matinais ao acordar.
2. Cansaço constante
O cansaço constante é outro indicador do baixo nível de testosterona. Isso acontece porque o hormônio está diretamente ligado a produção de energia. Mas sintomas como falta de disposição e cansaço devem ser analisados com cuidado, pois podem indicar uma série de outros problemas.
3. Problemas de memória
O baixo nível de testosterona também influencia o sistema nervoso. Por isso, se você está com problemas de memória, cognição e concentração, fique ligado. O baixo nível também pode ser percebido pela dificuldade de assimilar conceitos.
4. Alterações de humor
Sintoma mundialmente famoso da TPM, as mudanças de humor também podem ser percebidas no homem em casos de baixo nível de testosterona. A depressão na terceira idade está diretamente ligada a esses baixos níveis. A sua forma de afetar o sistema nervoso também se traduz na diminuição do bem-estar e bom humor.
5. Dificuldade em criar músculos e acúmulo de gordura
Os baixos níveis de testosterona não apenas dificultam o ganho de músculos, como facilita o acúmulo de gordura pelo corpo, principalmente na região do abdômen. A perda de massa óssea também é comum, na verdade a deficiência de testosterona é uma das principais causas da osteoporose nos homens.
6. Insônia
A falta de testosterona faz com que o corpo fique menos relaxado, por isso a dificuldade para dormir. Isso torna-se insônia e agitação noturna em apenas alguns casos. Mas é necessário frisar que a dificuldade de dormir, ao lado de alguns dos demais sintomas, pode indicar a deficiência de testosterona. Se a dificuldade aparecer sozinha, pode indicar outro problema.
E você leitor, apresenta alguns desses sinais? Deixe seu comentário e compartilhe conosco. Até a próxima!

https://www.clinicadeandrologia.com.br/6-sinais-que-indicam-baixa-testosterona-no-homem/

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Um marido encantador

Extraído do livro do Pastor Ismael, "Como ser uma mulher desejável e um marido encantador",

 veja o livro


Um marido querendo ser o grande amor de sua esposa tem que aguçar sua própria sensibilidade, melhorar a sua forma de tratá-la, prestando atenção quando ela fala, olhando nos seus olhos e não no jogo da TV. Deve sempre esperar que termine a sua linha de pensamento antes de interrompê-la ( geralmente eles esperam apenas 17 segundos). Valorize e respeite as coisas que ela goste, se importe com aquilo que ela se importa; não desmerece seus prazeres; tenha sob controle a mania de criticar e se for brincar, brinque de forma positiva, nunca corra o risco de estar diminuindo seu valor. Aprenda a elogiá-la naquilo que ela faz bem, encoraje e estimule para que cresça profissionalmente e como pessoa humana. Toque nela com ternura, quando você lhe "passa a mão" está satisfazendo sua tara e não sendo terno.  Ternura é “o poder de encantar o outro com atitudes de amor”. Demonstre que ela é única e que pretende manter a fidelidade a qualquer custo, não facilitando com o sexo oposto, não sendo paquerador, galanteador, e cuidado, uma mulher sente o cheiro de coisa errada mesmo de longe, e saberá se estiver mentindo. Não paquere suas amigas, ou melhor, mulher alguma, não brinque com fogo,  nem jogue brasas acessas dentro de sua roupa, pois pode se queimar. Passe a ela confiança, de maneira que sinta que possa se entregar de corpo e alma na relação. Além dessas coisinhas emocionais, deve se preocupar com a segurança da família, especialmente tendo sob controle a vida financeira, não deixe que as contas se desequilibrem, pois isso gera um stress destruidor da alegria conjugal e sexual. Um homem preocupado com as contas não tem tempo emocional para a esposa, e ele pode se ressentir e achar que não está mais interessado na relação, que não é amada ou coisa assim. Sexualmente, seja seu amante e não apenas o marido, empenhe-se em levá-la ao orgasmo, e saiba que ela vai precisar de mais tempo para chegar lá, por isso não se apresse. O sexo bom para ela tem o seu antes, o durante e o depois, não vire as costas e durma depois do seu prazer, pelo contrário, traga-a para perto do seu peito e deixa que ela adormeça antes de você. Cumpra o papel de homem, provedor e protetor da família, herói dos seus filhos, um homem do bem, da verdade, motivo de orgulho dela e das crianças. Não deixe que seus filhos descubram na adolescências que o herói que viam em você na verdade não existia, era tudo mentira, um engano. Continue merecendo ser o herói deles. Em tempo de paz, seja como um gatinho, manso, quieto, sereno, mas se a coisa entornar , se lutas e guerras vierem, levante-se como um leão e mostre que o território tem um macho protetor de sua prole e isso em todos os sentidos. Aprenda a amá-la do jeito dela.  Não se esqueça que uma vez casado, terá que prestar contas de vez em quando, e que ela tem a mente investigativa ( desconfiada talvez ficasse melhor aqui), é um ser emotivo, de vez em quando vai chorar, mas que vale a pena vê-la sorrir.  Ela não é filha de chocadeira e precisa visitar pai, mãe, irmãos, amigas de infância, e ninguém poderia suprir sozinho e completamente todas suas necessidades de relacionamento, por isso não a aprisione em casa, ela precisa ver gente, ouvir e ser ouvida. Voltem a sorrir juntos, celebre a vida com pequenas coisas, abrace mais, seja mais gentil e delicado, isso não irá desvalorizar sua condição de macho, não será menos homem, pelo contrário, pode fazer de você o homem da vida dela. 


Abraços, Pr Ismael e Pra,Cleire. "Fiquem com Deus, fique em família" Palestrante para casais e famílias.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...